Sessão de fotos com cãozinho brincando com folhas sai melhor que o esperado; confira

Em um de seus passeios no outono, Amanda decidiu tirar umas fotos de Max: 'Eu apenas ri o tempo todo'

Por
em Cães

A espontaneidade parece ser uma característica natural de Max, um filhote de cachorro que mistura as raças cane corso e buldogue americano. O animalzinho, que adora fazer longas caminhadas, foi protagonista de um ensaio fotográfico para lá de engraçado.

A felicidade de Max quando sua cuidadora Tess Amanda chega em sua casa para levá-lo para caminhar é contagiante. Em entrevista ao site The Dodo, Amanda conta que ele tem muita energia e também é muito curioso.

“Ele adora nossas caminhadas e às vezes fica tão feliz que aleatoriamente se vira e começa a pular em cima de mim no meio da caminhada”, destaca ela.

Foi quando em um lindo dia de outono, em um desses passeios, Amanda decidiu jogar para cima as folhas que caíram das árvores a fim de ver qual seria a reação de Max e é claro que o filhote gostou muito.

Então, como um presente para a dona do filhote, Amanda decidiu tirar umas fotos daquela brincadeira.

“Meu namorado é fotógrafo e faz coisas assim, então pensei em tentar uma versão amadora”, disse.

Max pareceu entender que a mulher queria que ele pegasse as folhas que pairavam no ar e não desistiu da brincadeira. Contudo, pegar as folhas não estava entre as qualidades positivas do cãozinho, consequentemente, as fotos ficaram engraçadas e adoráveis.

Nesse sentido, Amanda frisa que ao olhar as fotos não pode deixar de rir.

“Eu tirava algumas fotos boas dele tentando pegar as folhas, mas não esperava que tantas delas fossem tão hilárias”, pontua.

Somado a isso, a cuidadora enfatiza que a personalidade extrovertida de Max ficou bem visível na sessão fotográfica.

“Eu provavelmente peguei cerca de 100 [fotos] e apenas ri o tempo todo quando estava tentando escolher quais compartilhar”, comentou ela.

Depois da ocasião, Max agora é o grande modelo fotográfico de Amanda. Além disso, o filhote parece estar sempre disposto a posar para fotos se isso resultar em um longo e divertido passeio.

Curiosidades:

Duas teorias circundam a origem do nome da raça cane corso, a primeira delas é que “corso” vem da palavra grega kortos, que significa “pátio, gabinete ou cercado”, já a segunda afirma que “corso” vem do latim cohors que significa “guardião de propriedades”.

Apesar de ambas teorias serem aceitas, a versão latina tende a ser mais convicta, visto que essa raça foi muito utilizada como cão de guarda.

Para se ter ideia, os primeiros registros desta raça datam no século XVI, uma época em que os italianos usavam estes cães para caçar javalis, além de manter a segurança de fazendas e currais.

Todavia, mesmo com seu porte grande e sua força, o que garante sua capacidade de guarda e proteção, este animal é extremamente dócil, fiel e carinhoso com seus tutores.

Veja também este vídeo novo:

Gato dá OVADA em cachorro e mais notícias no Jornalzinho Amo Meu Pet | Com Pépe Bonner

Uma jornalista quase formada de 21 anos, completamente apaixonada por futebol e animais. É daquelas pessoas que não podem ver um cachorro ou gato na rua que já quer fazer carinho... Do tipo curiosa, gosta de contar boas histórias e aquecer o coração de seus leitores. Um pouco indecisa para os títulos das matérias, confesso, mas dedicada ao ponto de procurar sempre escolher as melhores palavras. Prazer, sou Letícia Michele Schneider, atualmente moradora de Passo Fundo (RS), tenho o sonho de deixar o mundo um pouquinho melhor e quem sabe um dia estar à beira do gramado entrevistando os jogadores da dupla Grenal.