Cachorro se recusa a sair do lado de amigo canino atropelado

Por
em Notícias

No dia 2 de janeiro, uma mulher chamada Donna, percorria a Rodovia 70, em Missouri, nos Estados Unidos, quando se deparou com uma triste cena. Um cachorro havia sido atropelado, mas não estava só, ao seu lado havia outro cão (na verdade, uma cadela).

Um grupo de pessoas também estava em torno do cachorro ferido e a amiga canina latia incessantemente (como se pedisse socorro). Comovida, Donna parou para oferecer ajuda.

Logo a americana comunicou o acidente para o resgate de animais Stray Rescue de St. Louis, que não demorou para chegar até o local e prestar socorro a vítima e a amiga. Os dois foram batizados pela equipe e passaram a se chamar Heart e Soul.

Durante o resgate foi constatado que nenhum tinha coleira e tão pouco microchip. Também não estava claro como eles haviam chegado até a rodovia. A única certeza era que o cão estava gravemente ferido.

A dupla foi levada para uma clínica veterinária onde Soul poderia ser sedado e devidamente examinado por profissionais médicos.

"Ele não conseguia se mover e estava segurando as pernas esticadas para fora do corpo. Após os raios-x, nossos veterinários viram uma fratura grave nas costas, disseram que estava 'cortada' e não seria capaz de curar ", contou Natalie Thomson, do Stray Rescue of St. Louis, à Newsweek.

Os veterinários fizeram de tudo para que Soul conseguisse sobreviver, porém, ele não resistiu aos ferimentos e faleceu. Como a equipe sabia da aproximação que Heart tinha com o falecido, permitiram que ela se despedisse dele.

Cães têm alguns sentimentos parecidos com a do ser humano e podem sofrer o luto da perda assim como nós. E o abrigo, querendo sensibilizar as pessoas sobre o respeito aos animais, compartilhou o momento da despedida em suas redes sociais.

"Isso é amor verdadeiro" e acrescentou "Estamos todos de luto com ela".

Natalie contou que: "Ela queria ficar com ele, então demos a ela tempo para se despedir. Nós a mantivemos conosco o tempo todo, esperando que ela entendesse o que estava acontecendo".

"Nós a acomodamos em um apartamento com cobertores grandes e macios e sentamos com ela. No começo, ela estava assustada e rosnava, mas depois não queria que a deixássemos. Ela está começando a se abrir. Ela estava muito suja e fedorenta - seu pelo estava coberto de algo muito pegajoso. Demos a ela um bom banho com espuma esta manhã e vamos começar a cura."

Agora a pet conta com a amizade da equipe do abrigo e todos estão empenhados a ajudá-la a encontrar um lar para sempre. Mas antes precisarão ajudá-la a superar a morte do seu amigo.

"Pedimos um pequeno pingente onde ela pode guardar algumas das cinzas dele no colarinho, para que possa carregá-lo sempre com ela."

Confira abaixo o vídeo do resgate e da despedida.

Torço para que Heart supere a perda logo e encontre uma família amável.

Veja também este vídeo:

O caso do vira-lata caramelo que pediu ajuda ao motoboy E MAIS NOTÍCIAS no Jornalzinho Amo Meu Pet