Mesmo sem treinamento, rottweiler salva vida de criança durante a noite e alerta mãe

Por
em Notícias

Alguns cães são companheiros, outros carinhosos e há aqueles que estão ali para salvar a vida das suas famílias, exatamente como fez a rottweiler Daisy, de apenas dois anos.

A cachorrinha, que além de ser companheira e muito carinhosa, teve um gesto heroico ao salvar a vida do seu irmãozinho humano, que sofre de diabetes e acabou passando mal certa noite.

Tudo isso só foi possível graças à relação incrível construída entre os dois, desde que Daisy chegou à família Troilo. Desde filhotinha, a canina tem o hábito de dormir agarradinha com o seu irmão humano.

“Ela é a sombra dele. Ela dorme ao lado dele todas as noites. Ela não se cansa dele”, contou Brittany Troilo, mãe de Daisy e do menino, ao The Dodo.

Além de passarem o dia todinho brincando, especialmente de cabo de guerra e brincadeiras no quintal, a parte preferida dos dois é à noite, quando eles podem dormir aninhados.

Todas as noites, pontualmente às 20h30, a rottweiler Daisy se desloca para o seu cômodo preferido, o quarto do seu irmão e aguarda ele completar a sua rotina antes de dormir, como ir ao banheiro, escovar os dentes e todo o resto.

“Ela vai sentar na escada e esperar. Assim que começamos a subir, ela pula na cama, espera o irmão escovar os dentes e sabe que é hora do carinho”, revela Brittany.

Depois de esperar ansiosamente o seu irmão se preparar para deitar, Daisy finalmente engancha o braço em volta dele e gentilmente cai no sono. “Ela o segura todas as noites quando dorme.”

E é assim, que os dois passam a noite todinha, dormindo tranquilamente e abraçadinhos.

O - bom - hábito da canina de dormir agarrada todas as noites com o seu irmãozinho, não só faz com que ela o conheça fielmente, mas também faz com que ela desenvolva a habilidade - e o seu instinto - de perceber quando ele não está bem.

E a parte mais admirável nisso tudo, é que a rottweiler nem sequer foi treinada para esse tipo de emergência médica.

E foi justamente isso que aconteceu quando Daisy percebeu que os níveis de glicose do seu irmãozinho estavam alterados e se deslocou até o quarto de Brittany para alertá-la.

“Meu filho tem diabetes tipo 1 e Daisy percebeu que ele estava tendo uma emergência, embora ela não tenha sido treinada para isso. Agora, se o açúcar dele estiver alto ou baixo no meio da noite, ela vem e me acorda para que eu possa cuidar dele”, explica a mãe.

Mesmo se tratando de uma emergência silenciosa e o garotinho usando um equipamento específico, que inclusive a rottweiler toma muito cuidado para nunca encostar ou bater nele, Daisy está sempre lá pelo garotinho, portanto Brittany pode ficar tranquila por saber que o seu filho está em boas mãos. Literalmente.

Veja também este vídeo do nosso apresentador Pépe Bonner:

Cão salsicha tenta incriminar vizinha e mais notícias no 1º Jornalzinho Amo Meu Pet de 2023

Últimas notícias