Vira-lata caramelo pressente morte de idoso que o alimentava e vai até sua casa procurá-lo

Hoje o caramelo é uma lembrança da bondade do idoso e foi adotado pela família

Por
em Aqueça o coração

No dia 16 de novembro a família da jovem Larissa Bonifacio perdeu um ente querido: Antônio, seu avô. Homem de muita fé, não importava quem fosse, ele sempre estendia suas orações a quem pedia e ajudava quem precisava.

O idoso foi um grande exemplo para sua família que reside em São Paulo. Segundo Larissa em um post no Instagram: "o maior exemplo de amor e caridade. Sempre pronto para servir. Estendeu a mão para muitos, orou e pediu por tantos outros. Exemplo de fé, de dedicação e amor ao próximo. Seu legado e sua história viverão pra sempre em nós".

"Perder meu avô foi uma das coisas mais difíceis e dolorosas que minha família passou, porque ele era muito incrível", contou Larissa em entrevista ao Amo Meu Pet.

Sua benevolência não era somente com pessoas, os animais também puderam sentir de sua amabilidade. Caramelo, um cachorro vira-lata, foi um. Vivendo nas ruas, o cão sempre foi alimentado pelo idoso, o homem não falhava um dia com ele.

"Era o alicerce, era quem fazia tudo por todo mundo e até pros animais".

A conexão do Caramelo com seu Antônio era tamanha que minutos depois após seu falecimento apareceu na porta de sua casa chorando e uivando muito (como se ele soubesse o que havia acontecido).

Conforme disse Larissa em um vídeo publicado no dia 23 de novembro nas suas redes sociais, o cão entrou na casa buscando pelo seu avô. "Sentia o seu cheiro, mas não o encontrava", contou.A família não entendeu o porquê do cão estar ali. Foi então que descobriram que os dois eram grandes amigos e que o idoso o alimentava diariamente pela manhã.

O cão, agradecido por todo o bem que recebeu daquele homem, participou do velório, ficou ao lado do caixão e consolou a família toda. Sem palavras para a atitude desse vira-latinha.

A 'invasão' do Caramelo na casa foi a melhor coisa que aconteceu, pois acalentou o coração entristecido dos familiares, além de se tornar uma boa lembrança do avô. E, mais, se tornou parte da família, pois foi adotado!

"Ver o caramelo todos os dias é poder experimentar esse amor que era tão genuíno, que mesmo nas dificuldades dele se locomover, nunca deixou de dar os pãozinhos do Caramelo de todos os dias", finalizou.

Hoje Caramelo é muito amigo do pai de Larissa (seu humano favorito). A família acredita que a escolha se deu porque o homem se parece muito com o seu Antônio. E ficar próximo dele faz com que o cão supra um pouquinho da falta que sente de quem lhe cuidou.

Confira:

Emocionante! Que Caramelo seja muito feliz ao lado daqueles que foram muito felizes com o seu Antônio.

Veja também este vídeo do nosso apresentador Pépe Bonner:

Cão salsicha tenta incriminar vizinha e mais notícias no 1º Jornalzinho Amo Meu Pet de 2023

Últimas notícias