Cão da raça Akita maltratado e rejeitado por 2 famílias é adotado por casal

Há cerca de um mês, a veterinária do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), Ana Paula Nogueira, recebeu um cão da raça Akita resgatado das ruas. Ele estava bastante magro, debilitado, com diarreia e muito agressivo.

O cachorro havia sido entregue pelo Corpo de Bombeiros de Campo Grande (MS) e a expectativa era de ser adotado, inclusive pela pessoa que o encontrou e acionou o socorro.

"A pessoa que pediu o resgate falou que iria adotá-lo, mas, quando veio buscá-lo não quis porque ele estava doente. Em seguida, teve outra família que desistiu. Nós então cuidamos dele e fizemos a divulgação nas redes sociais. A partir daí foi rápido, ele foi adotado nessa quarta-feira (21). Este foi um caso extremo, ele nem andava quando chegou aqui", afirmou a veterinária.

Batizado de “Lobo” no CCZ, o cãozinho recebeu as vacinas e vermífugos necessários. "A intenção também é chamar a atenção para a adoção, que é um ato de solidariedade também. As pessoas precisam entender que animais que estão aqui, em abrigos ou em ONG's [Organização Não Governamental] vieram da rua. O que ocorre é que todo mundo só quer adotar um animal sadio, porém, cedo ou tarde eles podem adoecer e precisar de tratamento, cedo ou tarde", ressaltou Nogueira.

Veja na íntegra:

Quem se lembra desse cão Akita que foi resgatado pelos bombeiros de dentro do córrego e levado ao CCZ, há mais ou menos um mês? A história ganhou as páginas dos jornais e os nossos corações...

O cãozinho, carinhosamente apelidado de Lobo pelos servidores do CCZ, deu entrada ao órgão em péssimo estado de saúde, não andava, estava com diarreia, e muito agressivo, provavelmente pela intensa dor que sentia.

Infelizmente, duas famílias que mostraram interesse em adotá-lo desistiram, e ele continuou sendo carinhosamente tratado pelos servidores, Agora, o Lobo, que é um animal muito dócil, já consegue se levantar e andar.

Uma coisa a gente garante, a família que levar ele pra casa vai ganhar um companheiro muito amoroso! O Lobo está disponível para adoção responsável no CCZ, e ainda necessita de muitos cuidados e acompanhamento veterinário.

Fonte: G1

Compartilhe o post com seus amigos!

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários