Garotinha de 10 anos encontra gato desaparecido e se torna a ‘detetive do bairro’

Certo dia, enquanto voltava da escola com sua mãe, Bella Salvino, de 10 anos, encontrou um panfleto na porta de casa. O anúncio mencionava o desaparecimento de um gato chamado Alfred, pertencente a um dos vizinhos, que desaparecera dias antes.

Apesar da menina nunca ter visto o gatinho antes, saber que ele havia sumido partiu seu coração.

“Ela levou o pôster para dentro e colocou na parede”, contou Jacqui Salvino, mãe de Bella, ao portal The Dodo. “Ela falava muito sobre Alfred. Ela até chorou porque sentia muita empatia por sua família, por ele”.

Sensibilizada pela perda dos vizinhos, ela decidiu agir: de um jeito ou de outro, encontraria o gato desaparecido.

Bella virou uma ‘detetive de pets perdidos’ naquele fim de semana, encarando o caso do gato desaparecido como se Alfred fosse seu.

“Ela pulou na bicicleta e começou a vasculhar o bairro, chamando pelo gatinho”, disse Salvino. “Ela estava determinada a encontrá-lo.”

Partindo da ideia de que Alfred estava apenas assustado, Bella começou a investigar becos e lugares escuros onde o bichano provavelmente estava escondido.

Com a ajuda de sua bike, ela chegou em uma instalação de drenagem de chuvas, onde avistou ao longe, observando-a entre as sombras, um gato assustado que muito se assemelhava ao felino perdido.

“Bella chegou em casa sem fôlego, excitada e trêmula: ‘Mãe, acho que o encontrei!’”, Disse Salvino, admitindo que estava cética no início. “Ela me levou para o local onde o viu pela última vez”.

Munida com guloseimas para gatos e uma caixa transportadora de pets, além de muita paciência, claro, Bella conseguiu atraí-lo para mais perto. Nesse momento, identificou que aquele gatinho assustado realmente era Alfred.

Com a ajuda de sua mãe, Bella enviou uma foto do bichano para o número do tutor citado no panfleto, que o buscaria no dia seguinte.

Enquanto isso, a pequena ganhou a confiança de Alfred, à medida em que o alimentava, brincava e fazia cafuné nele.

“Bella o devolveu ao tutor, que estava saudoso e muito agradecido”, disse Salvino. “Em apenas uma hora contando da primeira vez que o encontrou, Alfred já estava em casa, seguro e ao lado de sua família.”

Os tutores de Alfred não poderiam estar mais contentes em tê-lo de volta – cientes de que tudo isso foi graças à perseverança e determinação de Bella.

“Este foi um momento decisivo em nossas vidas, pelo qual serei eternamente grato”, disse Salvino. “O poder da bondade é inegável”.

Com o sucesso de sua empreitada, Bella deseja continuar trabalhando como a ‘detetive de animais’ oficial da vizinhança.

Após resgatar Alfred, ela tomou ciência que outro gato, Pyper, está desaparecido. A intrépida jovem detetive decidiu resolver esse caso também.

“Bella está pedindo para sair e procurar Pyper no fim de semana, então provavelmente sairemos em família e veremos se conseguimos encontrá-lo”, disse Salvino. “Essa garotinha é determinada mesmo, temos muito orgulho dela, Bella é minha guerreira tenaz.”

Fonte: >ANDACompartilhe o post com seus amigos!

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários