Cachorrinho dado de presente é abandonado em canil assim que casal termina namoro (veja o vídeo)

Uma jovem londrina comprou uma cachorra de presente para o seu namorado em comemoração ao primeiro aniversário de namoro dos dois. No entanto, ela não esperava que a doguinha fosse ficar sem lar alguns meses depois.

O rapaz entregou o animal para o abrigo The Home Mayhew ao término do namoro, apenas 3 meses depois.

Quando os voluntários do abrigo pediram que ele reconsiderasse, uma vez que o espaço já estava sobrecarregado de cães resgatados das ruas, ele pareceu ter mudado de ideia.

No entanto, chocantemente, ele saiu do abrigo e tentou vender a cachorrinha na rua. Ao tomarem conhecimento, os voluntários da Mayhew decidiram ficar com ela.

“É completamente irresponsável vender um cachorro nas ruas”, disse Zoe Edwards, chefe de bem-estar animal do Mayhew, “mas infelizmente vemos esse tipo de situação com demasiada frequência”, disse ao The Dodo.

Em 2016, o Mayhew recebeu 26 cães que perderam as suas casas por causa de uma separação.

“Este é um exemplo do impacto que os proprietários irresponsáveis ​​têm no nosso centro de resgate”, acrescentou Edwards.

“Quando os proprietários largam os cães perfeitamente saudáveis, e que não precisariam de ajuda, isso significa que não podemos resgatar cães e gatos que estão em necessidade urgente.”

Uma mulher chamada Trina Harris apaixonou-se pela cachorrinha, tendo batizado-a como “Pippa”.

“Ela é uma cachorrinha divertida, amorosa, animada e brincalhona.” Ela instalou-se na sua nova casa muito bem”, disse Harris.

Edwards sugere que, ao pensar em ter um novo animal de estimação, é preciso “considerar se somos capazes de cuidar deles no longo prazo”.

“Os relacionamentos entre as pessoas podem acabar, mas o amor e o cuidado com um animal de estimação apanhado no meio, nunca deveria acabar.”

Fonte: The Dodo

Compartilhe o post com seus amigos!

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários