Cão é morto pela própria dona por comer galinhas de sua propriedade em Pernambuco

Um vídeo que circula nas redes sociais revoltou a população de Itapetim, no Sertão de Pernambuco e de cidades vizinhas.

As imagens mostram uma idosa, moradora da cidade, matando o próprio cachorro de estimação a facadas. Severina Simões, de 64 anos, foi denunciada à polícia pelo crime. Ela teria matado o animal porque o cão havia comido algumas galinhas da propriedade dela. O cachorro foi morto no sábado (16).

Segundo o artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais, “praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos” rende pena de três meses a um ano de prisão, além de multa. Caso o animal morra, a sentença pode aumentar um sexto a um terço.

A Polícia Civil abriu inquérito e esclareceu que as investigações devem ser mantidas em sigilo até a conclusão do caso.

Fonte: Blog CB

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários