Passeadora de cães acusada de "perder" pets que foram encontrados falecidos, enfrentará tribunal

Uma passeadora de cães acusada de perder vários animais de estimação sob seus cuidados foi processada por uma série de delitos de maus-tratos animal. Louise Lawford, 49 anos, passeava com os cães em Hopwas Woods, perto de Tamworth, no Reino Unido, em 23 de junho do ano passado, quando ela alegou que eles estavam desaparecidos.

Quando a empresária voltou para os três proprietários de mãos vazias, ela disse que os cachorros fugiram depois de terem ficado assustados com um barulho nas proximidades. Centenas de pessoas se juntaram para encontrar Pablo, Maggie, Charlie, Ralph e Jack.

Mas eles nunca foram encontrados e os proprietários ficaram desconfiados depois que alegam que a passeadora parou de atender às chamadas e desapareceu. Desde então, dois proprietários disseram que seus animais de estimação morreram e acreditam que conhecem as circunstâncias de suas mortes.

Os proprietários ficaram com o coração partido e o descreveram como seu "pior pesadelo", dizendo que "sempre esperavam que os pets voltassem para casa". A polícia lançou uma busca pela passeadora de cães, mas após uma investigação não havia provas suficientes para acusar a empresária de roubo. No entanto, descobriu-se que a mulher foi acusada pelo Conselho da Cidade de Birmingham de nove crimes de maus-tratos animal. A passeadora comparecerá perante o Tribunal de Birmingham em 23 de janeiro, informou o Metro UK,

Uma notícia triste, sem dúvida. Que a Justiça seja feita e que, se comprovado o envolvimento desta mulher nesses crimes, que seja punida devidamente. Fica aqui um alerta: nunca deixe seus amados animaizinhos com indivíduos que não sejam de extrema confiança.

Comentários