Após seu cãozinho falecer engasgado, professora escreve post ensinando como agir e texto viraliza

O relato da professora Thelma Ferraz, moradora de Jacareí (SP), emocionou os internautas nas redes sociais.

Na última terça-feira (14), um trágico acidente ceifou a vida do seu cachorrinho, Billy.

Confira seu relato na íntegra abaixo:

“Ontem perdi o Amor da minha vida… Ainda com o meu coração dilacerado pela perda do meu filho-doguinho.

Acho de extrema importância esse post de engasgamento de cães pois foi assim que perdi meu Billy em menos de 15 minutos… Tentamos de algumas formas desengasgá-lo, sem sucesso. Ele foi ficando inconsciente, e não conseguia expelir o que estava o sufocando.

Mesmo correndo à uma clínica veterinária, não conseguimos chegar à tempo de salvá-lo - ele partiu nos meus braços, no caminho da Clínica. Vi o Amor da minha vida partir e não consegui salvá-lo...

Meu filho, companheiro, amigo de quase 14 anos, que me procurava com o olhar em todos os momentos, não me perdia de vista e me entendia só de estar por perto... Ele era ansioso, talvez devido a idade.

Adorava chamar a minha atenção, sempre aprontava as suas... roubava fraldas no banheiro, pães em cima da mesa, chocolates em cima do sofá, destruía chinelos e numa dessas aprontadas, não tive tempo de salvá-lo... a dor da perda é imensa mas a dor de saber que ele agonizou e eu falhei é muito maior… Vejo ele em todos os cantos da casa, em todos os momentos da minha vida e confesso que não sei como será de agora em diante…

Dói muito saber que não o terei mais aqui comigo… Muito... Que Deus me dê forças para continuar, porque é só isso que peço no momento...

Achei esse post no Google e resolvi por bem publicá-lo para que sirva de alerta à todos os pais de doguinhos.

Compartilhe o post com seus amigos!

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários