Tutora que perdeu cão adota porquinho que fugiu de leilão: 'Virou meu animal de estimação'

Faltando poucas horas para o início de uma rodada de leilões de gado onde poderia ser arrematado como produto, um porco-doméstico conseguiu fugir do local, indo parar nas ruas de Nova York (EUA).

O mamífero bunodonte foi encontrado por voluntários da ONG Humane Society de Delaware perambulando por um beco, onde foi capturado.

Levado para o abrigo da entidade, ele logo virou o xodó da equipe de voluntários. “Ele adora comer”, diz Erin Insinga, diretora da Humane Society local.

Batizado de ‘Myles’, o porquinho tem uma dieta rica em vegetais e iogurtes.

© Delaware Valley Humane Society
© Delaware Valley Humane Society

“Ele é muito atrevido”, disse Erin, acrescentando que o animal se adapta bem quando não pode ter exatamente o que deseja. “Ele também gosta de pizza, de cogumelos e adora bolachas. Qualquer coisa com carboidratos, ele ama.”

Após alguns meses no abrigo e com sua situação jurídica resolvida, Myles foi disponibilizado para adoção. E ninguém melhor que Erin para adotá-lo. Semanas antes, o cãozinho dela faleceu devido à idade.

© Delaware Valley Humane Society
© Delaware Valley Humane Society

“Ele prosperou conosco”, disse Erin. “Todos os dias ele se tornava cada vez mais receptivo ao amor e à afeição das pessoas e ao seu treinamento”, complementa.

Myles já pesa 60kg!

© Delaware Valley Humane Society
© Delaware Valley Humane Society

A expectativa é que Myles, atualmente com 5 meses, atinja 360kg na fase adulta.

Haja comida para tanto estômago!

© Delaware Valley Humane Society
© Delaware Valley Humane Society

Compartilhe o post com seus amigos!

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários