Milagre até para os médicos: Menino de 3 anos com tumor cerebral se recupera após cia de cão terapeuta

O menino, chamado Oscar, estava com frequência cardíaca disparada e mesmo com todo o suporte médico, não correspondia com melhoras, só houve resposta positiva com o toque do cão terapeuta.

Foto: Lyndsey Uglow
Foto: Lyndsey Uglow

Pronto para se emocionar? Lá vai! O pequeno Oscar Haskell de três anos de idade, enfrentou uma árdua e difícil batalha.

Diagnosticado com encefalomielite disseminada aguda, Oscar possui uma rara condição cerebral. Internado no Hospital Infantil de Southampton, no Reino Unido, a frequência cardíaca de Oscar disparou, o estado de saúde dele piorava e os comandos vitais já não respondiam mais.

Com 26 tubos, sondas perfuradas em seu crânio e máquinas para mantê-lo vivo, os médicos falaram para a mãe, Zoe Relph, se preparar para o pior. Porém, havia uma última alternativa que poderia dar resultados: a presença de um cão de terapia intensiva, o golden retriever Leo.

Foto: Lyndsey Uglow
Foto: Lyndsey Uglow

Sem acreditar muito que o contato do cão com o filho fosse resultar em algo, os pais aceitaram a visita. Foi aí que o milagre aconteceu.

Segundo o famoso jornal Mirror - também do Reino Unido, que realizou uma matéria exclusiva sobre o caso - o cão, ao colocar a pata sobre a mão de Oscar, fez com que a frequência cardíaca do menino diminuísse e, para completar, o menino que estava imóvel, sorriu. Todos que presenciaram a cena choraram, pois para Zoe e os médicos, o que aconteceu foi um milagre. Desde então, Oscar hoje com sete anos, teve uma melhora crescente e definitiva.

Foto: Lyndsey Uglow
Foto: Lyndsey Uglow

Zoe acredita que Oscar poderia não ter sobrevivido sem a ajuda do Leo.

"Se não fosse o Leo, Oscar teria desistido. Leo nunca saiu do lado dele depois disso."

Foto: Lyndsey Uglow
Foto: Lyndsey Uglow

Que história linda! Leo, um verdadeiro herói, juntamente com mais seis cães de terapia, já auxiliaram mais de 10 mil crianças. Leo e seus amigos caninos terapeutas estão concorrendo premiações como o 'Friends for Life' no Crufts de 2020.

Não temos dúvidas do quanto merecem ganhar!

Compartilhe esse post com seus amigos!

Ana Caroline Haubert

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com

Comentários