Pit bull evita que dono sofresse danos cerebrais graves ao alertar dona sobre ataque respiratório

Sem a ação da filhote, o quadro do homem poderia ter sido irreversível. Confira essa história incrível!

O preconceito com a raça pit bull, infelizmente, é algo muito presente na sociedade. O que essas pessoas não sabem, é de como eles podem ser verdadeiros heróis. É o caso da filhote Charley, de oito meses, que salvou a vida do seu dono, chamado Doug, morador de Columbus, Ohio, nos Estados Unidos.

O dono dormia na poltrona da sala, quando caiu em uma apneia de sono e parou de respirar. Ao perceber, Charley correu para a cama chamar Felícia, sua dona, que ao perceber o desespero da cadela, a acompanhou e se deparou com a cena desesperadora.

Rapidamente, Felícia chamou a ambulância que levou seu marido para o hospital, onde recebeu oxigênio e terapia intensiva. Felícia teve a confirmação que se ela tivesse demorado para socorrer seu marido, ele provavelmente teria morrido ou sofrido danos cerebrais graves.

"Eu nunca saberia se não fosse por Charley. Ela é abençoada. Eu sinto que Deus estava trabalhando através dela para me avisar. As pessoas dizem que Deus trabalha com todas as suas criaturas e eu acho que ele estava ali naquela noite", disse Felicia.

Além de ter salvado a vida de Doug, Charley segue vigilante com o dono, colocando sua pata no peito dele para ver se ele está respirando ou não.

Fala sério gente, como explicar uma atitude dessas?! Simplesmente amamos essa história!

Confira mais histórias inspiradores envolvendo cães heróis:

Compartilhe esse post com seus amigos!

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com