Cachorro paraplégico devido a lesão na coluna se diverte após aceitar usar cadeira de rodas (veja o vídeo)

Mesmo debilitado, Tourinho estava decidido a não usar nenhum equipamento para ajudá-lo a caminhar. Até que um belo dia mudou de ideia.

Uma linda história de superação! O cachorro Tourinho, de Natal (RN), passou por um verdadeiro susto. Com apenas oito meses de vida, o cão foi atropelado e acabou ficando com a coluna gravemente lesionada, fazendo com que perdesse os movimentos das patas traseiras.

Foto: Scheila Tavares/ Arquivo Pessoal
Foto: Scheila Tavares/ Arquivo Pessoal

Tourinho também perdeu o controle sobre as fezes e urina, sendo necessário, portanto, o uso de fraldas. A proprietária, Scheila Tavares, conta que os primeiros dias foram muito difíceis e o filhote estava visivelmente abalado e ficava apenas deitado embaixo do sofá.

Após algumas semanas, Tourinho foi se adaptando à nova condição e voltou a se locomover dentro das suas possibilidades.

Foto: Scheila Tavares/ Arquivo Pessoal
Foto: Scheila Tavares/ Arquivo Pessoal

Mas para os donos também houve um período de adaptação, já que eles tiveram que se preocupar com possíveis machucados pelo fato do cachorrinho se arrastar. Foram necessários alguns cuidados com as necessidades fisiológicas e também em providenciar uma cadeira de rodas, que não foi bem aceita pelo cão.

Muitas foram as tentativas - e em vão - de fazer com que ele utilizasse o item. E assim foi, por seis meses.

Certa vez, uma amiga de Scheila a questionou sobre o uso do equipamento. Scheila colocou o cachorrinho na cadeira para mostrar à amiga que ele não gostava. Mas para a surpresa da dona, o canino se movimentou, chegando a correr, completamente adaptado à cadeira. A aceitação da cadeira deixou tudo mais cômodo para Tourinho, que agora utiliza o equipamento na maior parte do tempo.

Hoje, com cinco anos, o hobby preferido do peludinho é passear com sua cadeira. Quem diria!

Foto: Scheila Tavares/ Arquivo Pessoal
Foto: Scheila Tavares/ Arquivo Pessoal
Foto: Scheila Tavares/ Arquivo Pessoal
Foto: Scheila Tavares/ Arquivo Pessoal

"Para minha surpresa e enorme felicidade, ele andou e correu bastante. Até hoje, enquanto ele está na cadeira, se movimenta muito e adora correr", conta Scheila. Que demais, né? Nada como o tempo para nos fazer mudar de ideia.

Foto: Scheila Tavares/ Arquivo Pessoal
Foto: Scheila Tavares/ Arquivo Pessoal

Veja abaixo dois vídeos da alegria do Tourinho em poder correr com sua cadeira de rodas:

Ana Caroline Haubert

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo.
Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com

Comentários