Coronavírus: Cachorro terapeuta visita janelas de idosos adoecidos para fazê-los sorrir (veja o vídeo)

Os momentos de interações são muito importantes, tanto para o cão, quanto para os idosos. As visitas foram adaptadas, mas felizmente, não encerradas!

A atual pandemia apavora as pessoas, mas, ao mesmo tempo, tem aflorado sentimentos de muita generosidade. O cão de terapia Tonka, da raça dogue alemão, tem sido maravilhoso. Antes ainda da disseminação do COVID-19, o cão visitava asilos em Cedar Park, no Texas (Estados Unidos), mas as visitas externas foram restringidas para evitar que os idosos corram riscos de contágio.

A dona do Tonka, Courtney Leigh, no entanto, teve uma ideia para que os anciãos não se sentissem sozinhos com a suspensão das visitas. Mesmo sem contato físico, Leigh resolveu continuar levando Tonka até os asilos, mas dessa vez, mantendo contato apenas visual através das janelas.

Foto: Reprodução Youtube/ khan
Foto: Reprodução Youtube/ khan

Veja abaixo algumas imagens das visitas do cão:

“Aprendemos que, com os eventos recentes, todas as visitas terapêuticas serão descontinuadas por motivos de segurança, é claro, e contenção. Realmente perdemos nossas visitas, e pensei: o que posso fazer pessoalmente, por conta própria, para tentar continuar com a sensação de bem-estar que esse maravilhoso cão dá a todos? Então eles tiveram a gentileza de concordar com a ideia que tive”, disse Leigh.

Imagina quanta felicidade esses vovôs e vovós sentiram com o reforço desse contato. Mas tenho certeza que Tonka se sente igualmente feliz. "Estamos muito animados por poder fazê-los sorrir hoje", disse sua dona.

Ana Caroline Haubert

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo.
Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com

Comentários