Idosos de asilo mostram o quão bom e terapêutico é ter um gatinho de estimação

As gerações mais jovens têm muito a aprender com as da velha guarda, principalmente quando se trata de investir um tempo para as coisas que realmente importam na vida.

Em um vídeo viral divulgado nas redes sociais, um grupo de idosos de um asilo é visto abraçando filhotes fofinhos durante a chamada ‘hora social’, período livre do dia para eles brincarem e conversarem entre si.

Foto: Reprodução Facebook / @NowThisNews
Foto: Reprodução Facebook / @NowThisNews

A ideia da ação era demonstrar o quão benéfico e terapêutico pode ser ter um animal de estimação. É mais do que comprovado que um pet ajuda a amenizar a ansiedade, o estresse e a depressão do seu tutor.

Foto: Reprodução Facebook / @NowThisNews
Foto: Reprodução Facebook / @NowThisNews

E pelo vídeo, fica claro pelas expressões dos gatinhos e dos idosos que esse é um arranjo mutuamente benéfico.

Foto: Reprodução Facebook / @NowThisNews
Foto: Reprodução Facebook / @NowThisNews

"É exatamente isso que quero fazer nos últimos anos da minha vida", disse Janelle Baune, idosa que mora no asilo há alguns anos. “Eles me fazem bem, são um bálsamo para o meu coração”.

Assista ao vídeo:

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários