Coronavírus: Sérvia proíbe passeios com pets e causa revolta dos donos nas redes sociais

Um decreto recém-implementado pelo governo da Sérvia que proíbe caminhadas e passeios de pessoas com seus animais de estimação motivou milhares de pessoas a se manifestar nas redes sociais neste fim de semana.

A medida visa ampliar o distanciamento social para reduzir o número potencial de pessoas infectadas com o novo coronavírus (Covid-19).

Pela internet, dezenas de milhares de internautas reclamaram que a proibição pode prejudicar a saúde de seus cães e causar frustração e ansiedade, tantos nos animais, quanto em seus donos.

O veterinário sérvio Nenad Milojkovic afirma que “proteger os direitos dos animais é um teste para a sociedade em tempos difíceis, como uma pandemia”.

“Proibir os passeios pode piorar a condição dos cães com problemas urinários e agravar as condições básicas de higiene nas casas das pessoas”, complementou.

A decisão foi tomada no último sábado (28) pelo poder Executivo. Até um dia antes, os donos podiam passear por até 20 minutos com seus pets.

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários