Cão labrador que vive em lar de resgate é apaixonado por acolher patinhos órfãos (veja vídeo)

Desde pequeno, o bom garoto Fred convive com vários animais resgatados, então dar amor para quem não tem, é algo completamente natural e comum para ele.

Alguns cachorros se destacam por algumas habilidades pontuais. Esse labrador em especial se destaca por adotar ninhadas de patinhos órfãos.

Fred vive no castelo Mountfitchet, localizado em uma tradicional vila de atração mundial, com uma riqueza de história viva, em Stansted Mountfichet, Inglaterra. O local abriga muitos animais de resgate, com exceção de Fred que é residente e está lá para ajudar a cuidar das inúmeras espécies que passam pelo castelo.

Em 2018, nove patinhos foram encontrados sem a mãe, e foram levados para o castelo. Fred teve uma aceitação muito positiva e o acolhimento foi tão natural e amoroso que o caso viralizou na internet, deixando o labrador conhecido pela sua afetividade.

Os patinhos o seguiam por toda parte e subiam nas suas costas, o que era consentido pelo doce Fred. Já maiores, os patinhos voaram para o seu ninho.

Foto: Mountfitchet Castle / Facebook
Foto: Mountfitchet Castle / Facebook

O proprietário do castelo, Jeremy Goldsmith, disse à BBC no ano passado: “Trouxemos os patinhos para dentro de casa porque eles são jovens demais para se defenderem, e Fred apenas os acolheu. Ele tem uma natureza adorável e cresceu em torno de animais resgatados."

Um ano depois, em maio de 2019 a cena se repetiu, mas dessa vez a iniciativa foi do próprio Fred.

A mãe, uma pata moscovita, teve catorze bebês, mas, por algum motivo, deixou seis deles para trás no ninho, quando caminhou para o lago mais próximo, com a outra metade dos patinhos seguindo obedientemente atrás dela.

Foi aí que o labrador entrou em ação e acolheu novamente os patinhos abandonados. A cena não poderia ser mais encantadora, olha só:

Foto: Mountfitchet Castle / Facebook
Foto: Mountfitchet Castle / Facebook

Que vínculo mais amado, né?

Ana Caroline Haubert

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com

Comentários