Soldado vai até abrigo para adotar cachorro, mas é escolhido por uma gata adorável

Por
em Gatos

O homem chegou ao abrigo com a intenção de adotar um cachorro, mas todos os cães já haviam sido acolhidos, restando apenas gatos para adoção. Pode acontecer de você ir ao mercado querendo comprar arroz e acabar voltando para casa com macarrão? Esse americano enfrentou um dilema parecido, mas com objetivos diferentes.

Ao ouvir no rádio que um abrigo estava pedindo ajuda para que a população acolhesse os animais do centro, por conta de uma forte tempestade de neve que estava se aproximando, o soldado Spamwise Jamkey se dirigiu ao local, pronto para adotar um cão.

Chegando lá, Jamkey descobriu, no entanto, que todos os cachorros já haviam sido adotados, mas que ainda restavam muitos gatinhos. Não muito receptivo com a ideia por nunca ter tido um gato, o soldado aceitou conhecer os felinos.

Para sua surpresa, acabou se apaixonando por uma em especial, que ao abrir a gaiola, a gatinha apertou o rosto na aba do chapéu, sanando toda e qualquer dúvida sobre a respectiva adoção.

Após a adoção Jamkey compartilhou uma foto da sua mais nova companheira na rede social Imgur.

A decisão estava muito clara, Jamkey fez uma ótima escolha. Não restavam dúvidas. A escolhida ganhou até um novo nome, Barb, que se adaptou perfeitamente ao novo lar com o seu pai.

A adoção aconteceu em 2018 e atualmente a casa conta com novos integrantes, dois cachorros e dois gatos, mas segundo o dono, Barb é quem comanda o grupo.

Muito justo, afinal foi ela quem chegou primeiro, não é?!

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com