Pit bull se perde dos donos e acaba parando em ensaio fotográfico para cachorros no Texas

em Notícias
Foi uma aventura e tanto, que felizmente, acabou com final feliz.

Os pit bulls têm a fama e o preconceito de alguns de serem bravos e agressivos, mas isso pode ser facilmente desmentido por quem tem ou já teve cães da raça. Esse pit bull em especial, é a prova viva de que a raça é extremamente doce, sociável e divertida.

O cachorro resolveu aparecer no meio de uma sessão fotográfica de uma campanha para animais e se saiu como um modelo perfeito.

Tudo começou quando Erin Einbender e Laura Berryman estavam produzindo uma sessão de fotos com cachorros para a rede Austin Pets Alive, em Austin, Texas, nos Estados Unidos, quando descobriram que havia um cão perdido passeando no local.

Então elas foram em encontro do cachorro que rapidamente se enturmou com as pessoas e os animais do local.

“Ele se mostrou super entusiasmado e veio em nossa direção para receber carinho. É como se ele estivesse dizendo: ‘Humm, me desculpe, ouvi dizer que vocês estavam procurando modelos”, disse Einbender.

O pit bull usava coleira, mas sem identificação, então as mulheres resolveram caminhar com ele pelo bairro para ver se encontravam um possível dono, o que não aconteceu.

Sem encontrar o dono, elas resolveram aproveitar o modelo e o levaram para o estúdio fotográfico para fazer uma sessão fotográfica com o simpático cachorrinho. Após alguns oferecimentos de lanches e petiscos, rapidamente o cão se sentiu à vontade com o ambiente e as fotos, se mostrando um ótimo profissional.

“Ele apenas ficou sentado lá posando. Eu fiz alguns ruídos estranhos e ele fez uma pequena inclinação na cabeça. Tudo nele era natural”, disse Einbender.

Depois das fotos, as mulheres o levaram para o abrigo Austin Animal Center para que pudessem procurar por um microchip. Ele sorriu todo o caminho até o abrigo, claramente amando sua pequena aventura com seus novos amigos. Infelizmente, o cachorro não tinha microchip, então, depois de deixá-lo no abrigo, as mulheres postaram sobre ele em algumas páginas de animais perdidos e achados para cachorros, esperando que sua família o encontrasse, o que, felizmente, aconteceu.

Zeus, como se chama, foi devolvido para a sua família, mas com certeza deve ter voltado muito feliz para a sua casa após uma aventura dessas, né?

“Estou tão feliz que o encontramos e ele foi capaz de se reunir com sua família”, disse Einbender. “Este foi um dos melhores dias da minha vida e tenho certeza que foi um dos melhores dias dele também.”

Uma aventura dos deuses, hein Zeus?!

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com