Após perderem o seu mascote, freiras adotam cachorro pit bull que sempre era rejeitado em abrigo

O gesto salvou as freiras do luto e o cachorro da solidão. Que enredo maravilhoso, não é?

É mais importante que boas intenções sejam colocadas em práticas do que apenas serem ditas. Um belo exemplo disso, foi o gesto que essas três freiras tiveram ao adotar um cão mais velho que ninguém mais queria acolher.

Foto:Reprodução Youtube / MrBmcbride25
Foto:Reprodução Youtube / MrBmcbride25

Vivendo um momento de luto após terem perdido o seu mascote de dez anos, o trio que vive em uma congregação localizada em Nova York, sabia que tinha que procurar um novo companheiro e já tinha um critério definido. “Eu propositalmente quis um cachorro que ninguém mais queria. Eu queria levar um cachorro para casa que pudesse ser sacrificado se não o levássemos”, disse uma das irmãs, Veronica Mendez.

Foto:Reprodução Youtube / MrBmcbride25
Foto:Reprodução Youtube / MrBmcbride25

Foi quando as freiras conheceram o pit bull Remy de nove anos, que viveu por meses em um abrigo sem perspectiva de adoção, e decidiram que ele seria o escolhido.

Foto:Reprodução Youtube / MrBmcbride25
Foto:Reprodução Youtube / MrBmcbride25

Depois de tanta rejeição, o doce Remy finalmente ganhou um lar e, de cara, três novas donas para enchê-lo de amor e atenção que ele sempre mereceu e sempre lhe foi negado.

Esse encontro do destino não poderia ter sido mais oportuno, afinal, todos ganharam e saíram felizes com o desfecho.

Que história linda e emocionante, não é?

Ana Caroline Haubert

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com

Comentários