Cachorrinho se transforma em 'fera cruel' quando alguém tenta roubar seu precioso coco

Por
em Notícias

Existem poucos animais que devemos pensar duas vezes se queremos aborrecer. E aqui, incluímos na lista ursos, leões e lobos. Mas talvez a criatura mais ‘cruel’ lá fora seja esse cãozinho de 30 centímetros.

Sim, é isso mesmo: um cachorro minúsculo pode ser um dos animais mais ‘ferozes’ do mundo.

Estamos falando de um cão da raça Spitz-alemão-anão ou Lulu da Pomerânia, que mora em Bangkok, na Tailândia (ou será Tasmânia?), que é apaixonado por cocos.

Segundo o portal de notícias Daily Mail, no vídeo viral publicado online, o cãozinho aparece aproveitando o delicioso sabor da água de coco, mas fica absolutamente irritado ao notar a aproximação de sua dona, que na cabeça dele, chegou para ‘estragar sua festa’.

Toda vez que ela tenta conversar, o cãozinho rosna e exibe os dentes de maneira agressiva. É estranho pensar que um pet tão fofinho consiga demonstrar tamanha ferocidade.

Claro que a tutora do Lulu não ficou intimidada: pelo contrário, a cada vez que ele mostrava os dentes, ela soltava uma gargalhada, se divertindo da situação.

Confira o vídeo:

Temperamento do Lulu da Pomerânia

A raça Lulu da Pomerânia é caracterizada por ser inteligente e brincalhona, logo, é necessário deixar os cães dessa raça sempre ocupados para estimulá-los mentalmente. Caso não houver estímulos, eles encontrarão maneiras para se distrair, roendo a mobília da casa, destruindo objetos que você não gostaria que eles pegassem, entre outras peripécias.

Eles são independentes, pequenos no tamanho e enormes no ego. Sempre alertas e curiosos, costumam latir incansavelmente para movimentos estranhos ao seu redor. Se não fosse pelo tamanho, seriam ótimos cães de guarda.

Eles podem ser teimosos, necessitando de um bom treinamento para o seu bom comportamento, além de serem ciumentos com sua comida, objetos e pessoas, para educá-los exige muita determinação, mas nada que paciência e amor não compense.

Receba nossas notícias no Whastapp! Entrar no grupo

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.