Homem sem-teto pede ajuda para resgatar o seu cão e mulher decide ajudá-lo, dando a eles a chance de ficarem juntos

É evidente que em muitos casos quem menos tem, é quem mais tem a oferecer, e esse homem dá um belo exemplo disso.

O que para você pode ser um gesto simples e sem maior significado, para alguém pode significar tudo. A empatia da americana Wilma Price, de Houston, Texas, em ajudar o sem-teto Patrick a reaver a guarda do seu cão que estava detido no controle de animais, foi capaz de transformar a vida do homem e do seu animal.

Tudo aconteceu quando Wilma estava no mercado e percebeu Patrick do lado de fora segurando um cartaz que dizia ‘Cão encarcerado, preciso de ajuda’, o pedido de ajuda imediatamente chamou a sua atenção e ela fez questão de entender o que estava acontecendo.

Foto: Reprodução / Inside Edition
Foto: Reprodução / Inside Edition

Patrick explicou que só conseguiria pegar o cão novamente se pagasse 120 dólares para o controle de animais. O fato de Patrick não estar pedindo ajuda ou dinheiro para si mesmo, comoveu Wilma que resolveu ajudá-lo.

“Ele parecia uma alma agradável e gentil, que teve uma vida difícil. O olhar em seus olhos era de desespero, ele parecia um garoto grande que tinha acabado de perder seu cãozinho”, disse Wilma.

Foto: Reprodução / Inside Edition
Foto: Reprodução / Inside Edition

Comovida com toda a história, Wilma compartilhou o acontecimento em seu Facebook, com as seguintes palavras:

“Estou tão chocada! Ele é um homem maravilhoso e Franklin é um cachorro maravilhoso. Eu fiz isso porque gostaria que alguém fizesse isso por mim se eu tivesse dedicado toda a minha vida a um cachorrinho. Você nunca vai conhecer a vida da pessoa ou o que está acontecendo na vida dela, então eu não sou uma pessoa muito crítica e nunca julgo alguém pela capa. Até que você viva no lugar dessa pessoa, nunca saberá o que ela passou. Sempre que puder, ajude, porque, como eu vejo por aí, num piscar de olhos, você também pode estar na mesma situação. Eu sei o quanto luto todos os dias para garantir que os meus animais têm tudo o que precisem e nunca mais voltem para a rua.”

O fato de Patrick poder estar junto do seu cãozinho novamente já é o suficiente para querer contribuir com a situação, mas Wilma vai além ao explicar o motivo de ter ajudado: “Às vezes, mesmo que seja um gesto pequeno para você, isso pode fazer toda a diferença na vida da outra pessoa”, acrescenta.

Foto: Reprodução / Inside Edition
Foto: Reprodução / Inside Edition

Graças a bondade e generosidade de Wilma, Franklin pôde voltar a viver com o seu dono, que mesmo sem poder oferecer bens materiais a ele, tem muito amor para dar, que é o mais importante. Que história linda!

Ana Caroline Haubert

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo.
Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com

Comentários