Cãozinho abre sorrisão para voluntários de abrigo após ser resgatado

Os dois primeiros anos da vida de Cheech foram vivenciados nas ruas, becos e praças de El Paso, no Texas (EUA). Órfão, o cãozinho precisou aprender a se virar sozinho, vivendo de restos encontrados no lixo.

No mês de maio (26), voluntários de uma ONG de resgate animal encontraram Cheech vagando por uma estrada movimentada e o retiraram dali. Ele foi levado até um abrigo de cães, onde recebeu comida e um bom banho.

O doguinho estava muito contente com tudo aquilo: afinal, era a primeira vez em dois anos que estava sendo bem-tratado e cuidado após incontáveis noites ao relento, passando frio e fome.

Olha só a felicidade da figura!

Foto: Arquivo pessoal / Leah Sipe
Foto: Arquivo pessoal / Leah Sipe

Simpático e carismático que só ele, o cãozinho virou o xodó dos voluntários do abrigo.

Foto: Arquivo pessoal / Leah Sipe
Foto: Arquivo pessoal / Leah Sipe

“[...] Ele é o cachorro mais amigável que já conheci”, diz Leah Sipe, diretora do Abrigo e Resgate de Animais de Waller, ao portal The Dodo.

Foto: Arquivo pessoal / Leah Sipe
Foto: Arquivo pessoal / Leah Sipe

Visando aproveitar o carisma de Cheech para encontrar um novo lar adotivo para ele, o abrigo publicou uma foto dele sorrindo em sua página no Facebook.

Foi apenas uma questão de tempo até o post viralizar, com mais de 7 mil curtidas em poucos dias e 50 pedidos de adoção! Nem o abrigo esperava tamanha repercussão.

Foto: Arquivo pessoal / Leah Sipe
Foto: Arquivo pessoal / Leah Sipe

Na semana seguinte, uma série de entrevistas com os potenciais adotantes de Cheech foram feitas. Ao final, a ONG decidiu entregar a guarda do pequeno para uma idosa que havia perdido um de seus cães para um câncer meses antes.

Foto: Arquivo pessoal / Leah Sipe
Foto: Arquivo pessoal / Leah Sipe

Ela estava à procura de um novo doguinho para fazer companhia para Dusty, um cão que está com a idosa desde filhote. Cheech foi acolhido e agora mora em seu novo lar adotivo, onde sua família poderá sempre contar com seu lindo sorriso no rosto!

Foto: Arquivo pessoal / Leah Sipe
Foto: Arquivo pessoal / Leah Sipe

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários