Cadelas que imploravam por atenção das pessoas em estacionamento são resgatadas

Os olhares desesperados demonstraram um pedido de ajuda, socorro e até mesmo de um lar.

Os doces olhares das cadelas Patty e Pepper se voltavam para todas as pessoas que passavam pelo estacionamento de um restaurante de fast food em Brownsville, Texas, na esperança que alguém retribuísse o gesto e as levasse para casa.

Foto:Reprodução Facebook / Leslie Hennings
Foto:Reprodução Facebook / Leslie Hennings

Isso, porém nunca aconteceu, pelo menos até a chegada da jovem Destiny Vásquez no local que ficou profundamente comovida com os olhares pidões das cadelas.

“Eu estava na estrada, vi um dos cães e disse: 'Oh meu Deus! Este cachorro é um sem-teto. Eu estava chorando e chorando. Liguei para minha mãe e disse: 'Mãe, tenho que pegar esse cachorro'. Eu não sabia que havia dois cães na época”, conta.

Foto: Arquivo Pessoal / Jessica Marin
Foto: Arquivo Pessoal / Jessica Marin

Ao saber do caso, Jessica Marin, mãe de Destiny, foi imediatamente até o local. Após conversar com o segurança, Jessica descobriu que elas estavam há muito tempo no estacionamento.

Veja o vídeo:

Enquanto confortava os cães, Jessica enviou fotos de Patty e Pepper para a sua filha Leslie Hennings, pedindo que ela as compartilhasse nas redes sociais a fim de encontrar um lar para elas. A postagem felizmente surtiu efeito rapidamente, e a voluntária da Brigada de Ajuda Animal em Houston, Ana Terán alugou um carro e foi imediatamente buscá-las.

Foto: Arquivo Pessoal / Jessica Marin
Foto: Arquivo Pessoal / Jessica Marin

“Assim que eu vi, eu simplesmente não conseguia acreditar. Eu não poderia deixar pra lá. Eu apenas disse: 'Como posso conseguir esses cães? Se eu tiver que alugar um carro, farei para buscá-los”, diz Ana.

Patty e Pepper foram muito sociáveis e receptivas com Ana, afinal, atenção era tudo o que elas queriam e finalmente a conseguiram.

Foto: Arquivo Pessoal / Ana Terán
Foto: Arquivo Pessoal / Ana Terán

“Eu estava tão animada para vê-las! Elas eram as mais fofas. Elas queriam amor tão desesperadamente. Elas eram tão amigáveis. Elas não tinham medo nem timidez. Elas tinham grandes sorrisos, estavam muito animadas. Elas não tinham ideia do que estava acontecendo, mas estavam muito felizes.”

Foto: Arquivo Pessoal / Ana Terán
Foto: Arquivo Pessoal / Ana Terán

Agora, as duas seguirão morando com Ana até que estejam prontas para irem para um lar definitivo, e embora a voluntária adore Patty e Pepper, ela sabe que há ainda muitos animais que precisam da sua ajuda.

Foto: ARGPHOTOGRAPY
Foto: ARGPHOTOGRAPY

Veja como elas estão agora:

Foto: ARGPHOTOGRAPY
Foto: ARGPHOTOGRAPY
Foto: ARGPHOTOGRAPY
Foto: ARGPHOTOGRAPY

Muito lindas, né? Tomara que consigam permanecer juntas!

Ana Caroline Haubert

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com

Comentários