Cadela se perde em estação de metrô em São Paulo e é acalmada por segurança; vídeo

Um local desconhecido, com intensa movimentação de pessoas, sem encontrar a saída... foram alguns dos fatores que deixaram a cadelinha nervosa, mas felizmente ela foi amparada pela funcionária da estação.

Viver sozinho pelas ruas, sem acesso a condições básicas de sobrevivência como comida, água e um teto, já é algo difícil, agora, ter que enfrentar todos esses desafios em meio ao caos e estresse de grandes cidades, deve ser enlouquecedor.

Essa cachorrinha sentiu na pele o estresse da correria da vida urbana de São Paulo. Desorientada, ela estava perdida dentro da estação de metrô e correndo de um lado para o outro, provavelmente buscando a saída ou até mesmo ajuda, além do grande número de pessoas circulando no local, a deixaram bastante estressada.

Foto: Reprodução Facebook / Ivan Lima
Foto: Reprodução Facebook / Ivan Lima

A segurança foi acionada para retirar a cachorrinha da via, mas ela estava muito nervosa e assustada, e no momento que ninguém parecia se importar com a sua vida ou a sua presença, o inesperado aconteceu.

Uma das seguranças, chamada Caroline, se abaixou e começou a acariciar a cachorrinha que estava contida no chão, na tentativa de acalmá-la. A expressão da canina demonstra o seu desconforto e o seu incômodo, mas depois de alguns minutos, Carolina conseguiu acalmá-la e ela foi levada para o centro veterinário Rosado, onde está acompanhada pela supervisora de segurança da estação, Samara Granado.

Foto: Reprodução Facebook / Ivan Lima
Foto: Reprodução Facebook / Ivan Lima

Veja o vídeo da cachorrinha sendo acalmada pela segurança:

Aquele ‘algo a mais’ que por mais simples que seja, é capaz de fazer toda a diferença! Não importa qual é a sua profissão ou a sua classe social, todos podem fazer algo para transformar uma situação, por menor que pareça o gesto.

Ana Caroline Haubert

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com

Comentários