Cachorro acompanha dono com covid-19 até hospital e permanece na porta a sua espera

em Notícias
O clima frio e a escassez de alimento não impediram o cão preocupado de esperar o dono.

A lealdade é um dos traços mais dominantes do cachorro, não é por acaso que ele é conhecido como o melhor amigo do homem. Esse cãozinho demonstrou sua nobreza ao dono de uma maneira muito tocante, que emocionou milhares de pessoas recentemente.

O seu dono foi internado em um hospital de Lima, Peru, por estar contaminado com o covid-19 e, além de ter o acompanhado, o cão permaneceu na porta da instituição a sua espera.

Mesmo com temperaturas baixas, sem acesso à água ou comida, o cão só se preocupava com o seu dono e permaneceu desempenhando o papel de melhor amigo por dois dias no mesmo local.

Os funcionários do hospital, comovidos com o nobre gesto do cão, providenciaram uma roupinha e comida para ele, mas sem saber a previsão de alta do dono, resolveram compartilhar a história em uma rede social pedindo apoio e a postagem logo alcançou milhares de pessoas.

Meli Valderrama, médica do hospital que o dono do cão está internado, escreveu a seguinte mensagem:

“Por favor! Esse pequenino veio acompanhando seu tutor, que está internado no CERPS (por Covid)… Ele o aguarda há dois dias, hoje ele estava com frio e com fome! Nós já o agasalhamos e damos uma refeição, mas ele precisará de mais nos dias seguintes! Por favor, ajude-o, ele é muito inteligente e carinhoso.”

Engajadas em ajudar, muitas pessoas apoiaram a causa e apresentaram soluções para o caso do cão, até que o seu dono se recupere e volte para casa. Entre elas, foi encontrar um abrigo temporário para o canino com um veterinário da região.

A solidariedade tem um poder muito forte e expansivo, né? Que atitudes assim possam de multiplicar, e que o seu dono possa melhorar logo para retribuir todo o cuidado que esse grande amigo demonstrou a ele!

Atualização

No dia 10 de julho, FiruCo, assim como é chamado o cãozinho, retornou para casa junto de seu dono já recuperado. No período que seu tutor esteve internado, FiruCo foi muito amado e bem tratado por pessoas que realmente amam e se importam com os animais. Confira o post de Meli Valderrama de despedida e de agradecimento às pessoas que estiveram engajadas a cuidar do bichinho:

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com