Vídeo: Bombeiros resgatam cachorro que estava ilhado em rio no RS e animal é 'batizado' Noé

O cãozinho não conseguiria sair do local sozinho, mas felizmente ele foi socorrido são e salvo!

Um cãozinho passou por um verdadeiro susto ao ficar ilhado na serra gaúcha no dia 10 deste mês. Com o acúmulo das fortes chuvas que acometeram o estado do Rio Grande do Sul nos últimos dias, a cidade de Paraí sofreu com enchentes e um cachorro acabou ficando ilhado em um rio no interior da cidade.

Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros de Veranópolis
Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros de Veranópolis

Felizmente, a situação do animal foi percebida por moradores que acionaram o Corpo de Bombeiros e, rapidamente, eles se apresentaram no local. Os soldados João Batista Garcia Corrêa Júnior e Guilherme Wouters de Paiva foram os responsáveis por atender a ocorrência e socorrer o animal.

Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros de Veranópolis
Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros de Veranópolis

Após ser salvo, o cachorrinho foi levado para atendimento veterinário e após ficou sob a guarda da voluntária Sindy Freddo, que atua em um grupo da cidade voltado para a causa do abandono animal.

Foto: Divulgação/Cantinho da Adoção Paraí
Foto: Divulgação/Cantinho da Adoção Paraí

Noé, assim como foi ‘batizado’ o cachorrinho, está disponível para adoção responsável por meio do grupo Cantinho da Adoção, que mantém uma página no Facebook.

Confira o regate de Noé:

Em tempos difíceis, é importante que a solidariedade se fortaleça, especialmente para ajudar seres indefesos, como os animais.

Ana Caroline Haubert

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com

Comentários