Vídeo: Dono cria carrinho para seu cachorro de 15 anos que ficou paraplégico em Pernambuco

Por
em Notícias
Tantos anos ao lado do seu companheiro, fez com que o dono criasse alternativas para que ele pudesse continuar aproveitando a vida, através de seus passeios e saídas.

Quando acolhidos, os cães passam a integrar parte da família que os adotou. É natural, portanto, que as dificuldades e os problemas também sejam resolvidos à altura.

Há 15 anos, o cão Romário foi adotado pelo Antônio em Petrolina, Pernambuco, e se tornou o seu grande parceiro. Três anos atrás, porém, sem que ninguém percebesse, o cachorro caiu do andar superior da casa e ficou paraplégico.

Sem o movimento das pernas traseiras, Romário, que teve seu nome inspirado no jogador da seleção brasileira, teve a sua vida transformada, mas a dificuldade da nova condição física tem sido enfrentada com o apoio do dono.

O dono criou um carrinho que serve como andador para que Romário possa se locomover e faça isso de maneira confortável. O movimento é auxiliado por Antônio que puxa uma corda, enquanto Romário usa as patas dianteiras para conduzir a locomoção.

Seu Antônio criou o carrinho há sete meses e foi aprovado por Romário, que agora possui novas perspectivas de vida. Os passeios diários acontecem de três a quatro vezes por dia e, segundo o seu Antônio, ‘ele fica muito feliz’.

“Jamais despreze um bichinho por ele ser paralítico ou, porque ele está velho, é uma dor tanto para o animal, como para quem vê o sofrimento”, diz Antônio.

Veja o vídeo:

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com