Idoso italiano comove ao levar o seu cão que não anda mais para passear em carrinho adaptado - assista

Por
em Notícias

O gesto do homem chamou a atenção de uma vizinha que resolveu filmar e compartilhar o momento de cuidado e carinho com o cão.

Para ajudar um animal que enfrenta grandes desafios e dificuldades, não precisa de muito, uma dose de amor e força de vontade já são suficientes. Vivendo aquilo que é parte da sua rotina, o gesto nobre e tocante do senhor Tonino Vitale, que mora em Vibo Valentia, Itália, não passou despercebido.

Sem saber, Tonino chamou a atenção de uma vizinha que resolveu filmar ele retornando de um passeio com o seu cão Dylan de 13 anos. O motivo? O senhor adaptou um carrinho que permite que o seu cão, que não anda mais depois de ter perdido o movimento das pernas traseiras por conta da artrite, possa continuar desfrutando de passeios e caminhadas.

É uma plataforma que o cão fica deitado e é empurrado pelo dono, sem precisar fazer maiores esforços físicos. Como Tonino é um senhor de idade, o gesto se torna ainda mais admirável, pois ele se esforça para garantir que o seu cão - que não é pequeno - possa continuar levando uma vida perto do normal.

A cena não chamou a atenção apenas da vizinha Sabrina la Grotteria, mas também de centenas de outras pessoas que viram o vídeo que ela postou em seu Facebook. Ao saber da repercussão do caso, Tonino não teria como ser mais revelador do que foi com o seu gesto que entregou o quanto ele ama o seu cachorro:

“Com Dylan foi amor à primeira vista, desde que nasceu. Para nós, é algo normal amar Dylan, mas estamos felizes em contar sua história. É uma maneira de sensibilizar as pessoas para a importância de respeitar os animais”, contou a um jornal local.

O esforço em amar se apresenta nos gestos mais simples, porém nobres, que possam ser feitos.

Assista ao vídeo:

Que vínculo emocionante, não é? Tenho certeza que Dylan é muito grato pelo dono que tem!

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com