Delegado Bruno Lima abrirá representação no MP/RJ contra padre que incentivou "sumiço" de animais - vídeo

A falta de empatia das pessoas para com os animais já é algo lamentável e triste, agora, ver pessoas que estão em posições sociais de influência, incentivando maus-tratos a esses inocentes, é inadmissível.

Com o longo alcance da internet, é quase impossível que situações desrespeitosas e que ferem a integridade de alguém - seja animal ou não - passem despercebidas, ainda mais, quando se está ministrando uma missa.

Ao invés de cumprir o papel religioso que a posição exige, um padre foi extremamente infeliz ao incitar o ódio contra animais de ruas, que possivelmente ficam próximos à igreja.

A declaração aconteceu durante uma transmissão ao vivo, e lógico, não passou despercebida nem pela população, e nem pelas autoridades. O delegado Bruno Lima, ativo nas causas em prol dos animais, reproduziu o vídeo em sua página no Facebook, nesta terça-feira (21), alegando que fará uma representação ao Ministério Público do Rio de Janeiro, pela incitação de crime contra animais realizada pelo padre.

“Esses cachorros estão aí infernizando a vida da gente”, “se alguém conhece alguma carrocinha para fazer sabão, pode levar”, foram algumas das frases ditas pelo padre.

Veja o vídeo:

Se somos escravos das palavras, eu não sei, mas que somos reféns das nossas intenções, isso tenho certeza, portanto, espero que esse homem, que deveria estar reproduzindo palavras de empatia e amor, seja condenado à altura das suas intenções.

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com