Delegado Bruno Lima e equipe trabalham 8 horas em resgate de cachorros abandonados no Rio Tietê; vídeo

Ao descobrirem a presença dos animais no local, a equipe montou uma força tarefa que, depois de muito esforço, resultou no resgate dos cães.

Por mais cheios de personalidades, atitudes e sentimentos que os animais possuam, eles ainda são seres frágeis que precisam do apoio e cuidado humano. Infelizmente muitas pessoas optam em fazer o contrário e abandoná-los, os deixando completamente desamparados. Triste realidade que acomete a história de centenas de cães.

No último domingo (7), alguns cães foram abandonados na margem do Rio Tietê, em São Paulo. O ocorrido lamentável felizmente não passou despercebido e o delegado Bruno Lima, conhecido por atuar ativamente em causas de proteção animal e por investigar pessoas suspeitas de maus-tratos aos animais, agiu junto da sua equipe para resgatá-los são e salvos.

Foto: Reprodução Facebook / Delegado Bruno Lima
Foto: Reprodução Facebook / Delegado Bruno Lima

Segundo o delegado, os esforços para resgatar os cães duraram oito horas e não foi nada fácil, devido à extensão do rio e os riscos apresentados do lado interno que poderia resultar em um afogamento, e para área externa, que oferecia risco de atropelamento, felizmente nenhuma das opções se concretizou.

Embora não tenha sido fácil, como afirma o delegado, o trabalho foi exaustivo mas valeu a pena, já que os animais conseguiram ser salvos pelos agentes.

Foto: Reprodução Facebook / Delegado Bruno Lima
Foto: Reprodução Facebook / Delegado Bruno Lima

Triste perceber que ainda existam humanos capazes de causar tanto sofrimento e perigo para os animais, em contrapartida, é compensador ver que há pessoas dispostas a ajudá-los e livrá-los dessa situação! Parabéns à equipe pelo trabalho de apoio prestado aos animais!

Veja o vídeo que detalha a ação da equipe:

Ana Caroline Haubert

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com

Comentários