Depois de naufragar com o dono, cadela da raça pastor alemão nada por 11 horas em busca de socorro

Por
em Notícias
O acidente aconteceu em uma baía na Austrália, mas graças aos esforços da cadela, ela e o seu dono foram salvos com vida.

Assim como sabem receber amor, os animais também sabem, heroicamente, retribuir. Essa pastora alemã da Austrália, chamada Heidi, quase deu a sua vida na tentativa de salvar o dono.

Heidi e o seu dono, um homem de 63 anos, sofreram um acidente enquanto andavam de barco na baía de Moreton Bay, Austrália. Durante o trajeto, o barco teve um vazamento e, inundado de água, fez com que o dono e a cadela naufragassem, e é nesse momento que Heidi entra em ação.

No tempo em que o homem ficou segurando na parte do barco que não submergiu, Heidi começou a nadar em direção à costa, trajeto esse que, pasmem, durou cerca de 11 horas.

Ao avistar a cadela nadando na baía, um pescador a resgatou e contatou a polícia local, que compareceu na região e a resgatou. Depois de retirarem Heidi da água e terem a levado ao veterinário, foi que as autoridades deduziram que ela poderia estar buscando ajuda e que o seu dono poderia estar naufragado.

Os policiais retornaram ao local e, ao encontraram o homem, confirmaram a hipótese que Heidi estaria pedindo socorro. Se não fosse por ela, quanto tempo mais o homem teria aguentado boiando na baía? Felizmente, a resposta já sabemos.

Heidi mostrou toda a força que tem ao lidar tão bem com essa situação árdua e desafiadora como uma verdadeira heroína! Que bom que tudo terminou da melhor maneira possível! Essa história, o dono jamais vai esquecer...

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com