Cachorro pastor branco suíço é treinado pelo dono para supervisionar os estudos da filha de 11 anos; confira

A menina sentia dificuldades para se concentrar, por isso, o pai resolveu treinar o cão da família para vigiá-la durante os estudos, garantindo que não haja interrupções.

Além de ótimos guardiões, auxiliares e instrutores, os cães também são excelentes supervisores, garantindo assim, que as tarefas sejam cumpridas de acordo com o esperado. O cão Riceball tem mostrado excelência no seu papel de supervisor, ao garantir que a jovem Xu Xinya, de 11 anos, não se distraía e mantenha o foco nos estudos.

Riceball, da raça pastor-branco-suíço, foi treinado pelo pai de Xinya, Xu Liang, que vive na província de Guizhou, China, para evitar que a distração com aparelhos eletrônicos atrapalhe os estudos da filha, e para cumprir a tarefa, o cão fica vigiando atentamente a menina.

Foto: Reprodução Youtube / South China Morning Post

Embora Xinya seja comportada e colabore com a tarefa, Riceball não perde o mérito, pois ele a acompanha desde que a menina tinha oito anos e a supervisão se estende também às aulas de piano, ou seja, tem sido um longo caminho de aprendizado até aqui.

Pode até parecer que Riceball seja rigoroso, mas a verdade é que Xinya percebeu que tinha dificuldade em manter o foco, por isso, enaltece a contribuição do seu cão com os estudos. Além disso, eles criaram um vínculo profundo de amor e companheirismo.

Veja o vídeo:

Uma ótima ideia para manter as crianças focadas nos estudos, né? Sem falar que a companhia de um peludo fofo assim é muito mais agradável que a de um adulto rigoroso e exigente!

Ana Caroline Haubert

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com

Comentários