Logomarca Amo meu PET

Jovem abandonada ao nascer arrecada dinheiro para salvar cães idosos: "Eu sei como eles se sentem!"

Por
em Notícias
Preocupada com a vida e o futuro desses animais que costumam ser rejeitados pela sociedade, a jovem resolveu tomar uma atitude para ajudá-los, o que tem dado muito certo!

Quando coisas boas acontecem às pessoas, é natural que elas queiram retribuir da mesma maneira, certo? E foi exatamente isso que, aos 14 anos, Meena Kumar tem feito para garantir que cães idosos tenham a chance de ter uma vida feliz e em lares amorosos.

Meena sente uma profunda afinidade com esses cães, que na maior parte do tempo são menosprezados por conta da idade avançada, porque já esteve na mesma situação que eles. Aos nove meses, a menina foi abandonada em um cesto em Pune, Índia, e depois de viver por um ano em um orfanato, ela foi adotada por um casal e levada para San Jose, Califórnia.

Segundo o portal de notícias 7 News Miami, foi ainda na infância que ela passou a criar vínculos afetivos com os animais, e quando soube do serviço prestado por voluntários do centro de resgate Muttville Senior Dog Rescue, que resgata cães idosos e os mantêm fora dos canis, permitindo que eles vivam livres em um espaço aberto, ela quis se envolver com a causa.

A maneira encontrada pela jovem de contribuir com os cães idosos, foi prestando os seus serviços para cuidar dos cães enquanto os donos ficam fora e revertendo todo o valor arrecadado para o Muttville.

Com muito trabalho duro e cobrando o valor de 35 dólares por serviço, Meena conseguiu arrecadar o valor de 7 mil dólares. Como reconhecimento pelos esforços da jovem em ajudar os cães, a empresa Intel, onde seu pai trabalha, dobrou o valor, fazendo com que 14 mil dólares fossem doados para o Muttville.

A iniciativa da jovem teve grande valia, mas ela continua mantendo o ritmo e divulgando a causa, para que as pessoas criem consciência sobre a importância da adoção tardia dos cães.

“Mais pessoas devem adotar cães idosos. Eles dão a você o mesmo amor incondicional que qualquer outro cachorro”, diz.

Que ação incrível, não é? Para ajudar, basta ter vontade, pois de pouquinho em pouquinho, grandes coisas podem ser realizadas!

Cães idosos

Em média, os cães vivem cerca de 12 anos, embora muitos vivam muito mais tempo. Confira algumas dicas para deixar a vida do seu amigo idoso confortável.

Alimentação: é necessário levar o seu amigo peludo no médico veterinário para ele prescrever a alimentação adequada para o pet. Monitore o quanto seu animal está comendo e bebendo - mencione qualquer mudança em seus hábitos alimentares ou peso ao seu veterinário, pois pode haver um motivo médico subjacente.

Exercícios: embora possam estar diminuindo o ritmo, os cães mais velhos ainda precisam de exercícios regulares e estimulação mental - caminhar pouco e frequentemente ajudará a manter seu peso baixo e brinquedos podem mantê-los entretidos.

Saúde e bem estar: cães mais velhos podem ter problemas de audição e / ou visão , então peça à família para evitar ruídos altos repentinos para que eles não se assustem. Se você tiver alguma dúvida sobre seu cão mais velho, sempre consulte um veterinário.

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com