Símbolo do Halloween? Quanto mais gato envelhece, mais seus olhos ficam alaranjados e hipnotizantes

Por
em Notícias

À medida que o gatinho Gremlin envelhece, seus olhos vão ficando cada vez mais alaranjados, vivos e hipnotizantes.

“Todos os dias, tenho que contemplar esse horror sobrenatural”, brinca o dono, que compartilhou recentemente no Twitter e Instagram uma série de fotos do felino e seu par de olhos único.

Com seu visual ímpar, Gremlin certamente poderia ser um símbolo vivo do Halloween.

Sua família afirma que, quando o adotaram, o gatinho tinha olhos ‘comuns’. Conforme ele foi amadurecendo, seus olhos cresceram em volume e mudaram de cor.

“Acolhemos Gremlin pouco depois de nos mudarmos de Sydney (Austrália) para Melbourne. Ele fará 2 anos em dezembro! Não tínhamos ideia de que seus olhos seriam dessa cor porque o pegamos quando ele era pequeno e seus olhos eram muito mais claros, pois a maioria dos gatos nascem com olhos azuis!”, disse o dono, que não quis ter o nome divulgado.

“[...] Os olhos de Gremlin ficaram muito mais brilhantes quando ele cresceu. Brincamos que ele é nosso filho com olhos especiais. Nós o amamos muito”, continuou.

Gremlin adora fazer companhia aos donos enquanto trabalham e ajudou-os a suportar a quarentena prolongada.

“Eu sou músico e quando estou tocando algum instrumento, ele senta comigo enquanto escrevo canções. Minha parceira é uma desenvolvedora de jogos indie e Gremlin fica em seu estúdio e a faz companhia enquanto ela programa e faz seus jogos. Ele realmente nos manteve sãos durante a quarentena em Melbourne. É praticamente impossível não sorrir quando você o vê entrar na sala”, garantiu o dono.

Confira mais fotos de Gremlin abaixo:

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.