Leo Dias publica desabafo após condomínio proibir livre circulação de sua cachorrinha

Por
em Notícias

Na última terça-feira (15), o relato do blogueiro e jornalista Leo Dias sobre uma decisão do seu condomínio de proibir a livre circulação de cães pelas dependências do local repercutiu nas redes sociais.

“Hoje proibiram você, Doha, de andar pelo condomínio, proibiram você de entrar e sair do prédio mesmo de coleira. Você só poderia transitar no colo, veja só! Logo você que nem latir, late direito”, escreveu Leo. “E olha que não estamos falando de xixi, nem cocô, que você aprendeu bem cedo onde fazer!”, complementou.

Ele chamou a decisão de ‘espécie de ditadura’.

“Traduzindo ditadura para você entender, seria quando um cachorro se acha dono do poste e cria leis para maltratar os outros”.

Revoltado com a situação, Leo decidiu acionar seus advogados e cogitou até se mudar de condomínio. Pesquisando sobre o que poderia fazer para enfrentar a decisão, Leo descobriu que a lei ‘ainda é um pouco omissa’ e que o regimento do condomínio só exigia que Doha usasse guia e coleira.

Em outras palavras, a cachorrinha não poderia ter sua livre circulação comprometida.

“Doha, de agora em diante, não está mais proibida de entrar e nem de sair do prédio caminhando sobre suas próprias patas. Hoje criamos aqui nossa ‘Lei Doha’, [que promove o] respeito aos espaços, às pessoas e aos animais!”, escreveu o jornalista.

Ao conhecer melhor seus próprios direitos, Leo descobriu que nenhum condomínio pode proibir ninguém de ter seu pet, de deixá-los transitar ainda que com guia e coleira. “Ninguém vai mandar no poste de ninguém!”, escreveu.

“Doha, você me mostrou que tem muita gente que não gosta de animais, uma pena! Eles não sabem que o contingente dos que amam e protegem vocês é infinito! Doha essa grama é um pedaço do nosso mundo, lutamos por ela, porque não podemos viver sem diálogo, sem respeito, sem ser razoável nem aqui e nem em lugar nenhum”, desabafou no post compartilhado no Facebook.

Por fim, concluiu:

“Te ensinei a não fazer sujeira no condomínio, mas não vou permitir que façam ‘sujeira’ com você em lugar nenhum”.

A publicação, compartilhada na última terça (15), já acumula mais de 10 mil reações e 400 compartilhamentos. Internautas se solidarizaram com o desabafo do jornalista e sua preocupação em permitir que sua cachorrinha tenha qualidade de vida onde mora.

“Até chorei. Como pode alguém não querer o melhor para os bichinhos que só nos dão amor?”, escreveu uma usuária.

Confira o post na íntegra:

Receba nossas notícias no Whastapp! Entrar no grupo

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.