10 curiosidades interessantes sobre os buldogues franceses (que de franceses não têm nada!)

Por
em Notícias

Os cães da raça buldogue francês são mundialmente conhecidos por serem muito companheiros, amorosos e tranquilos em casa.

Em geral, eles se dão muito bem com crianças devido ao seu jeitão dócil e brincalhão. Dormir e brincar são atividades que consomem a grande maioria do tempo desses animais.

Separamos abaixo 10 fatos interessantes sobre os buldogues franceses. Confira!

1. Apesar do nome, eles não vêm da França

Apesar do nome, o bulldog francês é de origem inglesa, oriundo da cidade de Nottingham.

Quando os artesãos ingleses perderam seus empregos na esteira da Revolução Industrial, muitos fugiram para a França, onde suas habilidades artísticas continuaram sendo solicitadas.

Eles trouxeram seus cães consigo, e a popularidade do animal de estimação na França rapidamente ultrapassou sua popularidade na Inglaterra. A partir de então, a França foi o país de origem adotado pela raça.

2. As orelhas dos buldogues vêm em duas formas

Os buldogues franceses são conhecidos por suas orelhas de "morcego". No início da história da raça, porém, podiam-se encontrar muitos desses cães com orelhas em formato de "rosa" , ou seja, dobradas como as orelhas de um buldogue inglês.

Criadores americanos decidiram desde o início que as orelhas ‘de morcego’ deveriam ser consideradas como padrão, porque são mais distintas.

Desde então, orelhas em formato de rosa em um buldogue francês têm sido uma característica desqualificadora de acordo com o padrão da raça do American Kennel Club.

3. Possuem um limite de peso rigoroso

Um buldogue francês não pode pesar mais de 13 quilos.

Bem, pode, mas exceder essa margem é motivo de desqualificação automática para um cão ‘de exposição’, que compete profissionalmente, de acordo com o padrão da raça do AKC.

Os tutores de buldogues franceses que não estão interessados ​​em exibir seus cães ainda podem usar esse limite de peso como um guia, porque os franceses adoram comer e tendem a ficar obesos com facilidade.

4. Os buldogues franceses eram, vejam só, os animais de estimação favoritos das garotas de programa francesas

Uma das influências mais cruciais no crescimento da popularidade do buldogue francês foi sua preferência pelas "belles de nuit" (garotas de programa) parisienses do final do século 19 e início do século 20.

Na verdade, elas foram as primeiras a chamar os cães de raça "Bouledogues Francais" ou buldogues franceses. O nome pegou rapidamente com outros boêmios, escritores e artistas franceses e se espalhou a partir daí.

5. A raça mais popular do início do século XX

Em 1898, o luxuoso hotel Waldorf Astoria, em Nova York, alugou um salão de baile para o evento French Bulldog Club of America, uma exposição especial da raça.

Houve uma cobertura significativa da imprensa sobre o evento, e os buldogues franceses imediatamente explodiram em popularidade entre os americanos. Essa popularidade atingiu o pico em 1913, quando 100 franceses competiram no evento Westminster Kennel Club Dog Show, um dos mais prestigiados do mundo.

6. Os queridinhos da família Romanov

Os Romanov tinham uma imensa família de animais de estimação, mas o principal deles pode ter sido Ortino, o querido buldogue francês de Tatiana Romanov.

Tatiana deu a Ortino o controle da casa e deixava ele dormir em sua cama, apesar de seu ronco alto (típico da raça). Ortino ainda estava vivo quando Tatiana e o resto da família Romanov foram executados durante a Revolução Russa.

O destino final de Ortino permanece desconhecido.

7. Tinha buldogue até no Titanic

Robert W. Daniel trouxe seu bulldog francês com ele a bordo do RMS Titanic para um cruzeiro malfadado.

Não qualquer cachorro: Gamin de Pycombe, de 2 anos, era um famoso cão de exibição campeão que custou a Daniel o equivalente ao que hoje seria mais de US$ 20 mil (R$ 110 mil).

Daniel sobreviveu ao desastre e viveu até 1940. Gamin de Pycombe não teve a mesma sorte.

8. Os cães mais premiados do mundo

Cães dessa raça já venceram o prêmio especial da Westminster Kennel Club Dog Show, na categoria ‘Grande Raça’ por 8 anos consecutivos. Ao todo foram 18 prêmios conquistados desde a década de 50.

9. Já apareceram na 'tela grande' mais vezes do que podemos contar

Hollywood parece estar ciente do apelo irresistível dos buldogues franceses.

A raça pode ser encontrada em muitos filmes e programas de TV da última década e além. A lista inclui "From Hell" (2001), "Bringing Down the House" (2003), "Secondhand Lions" (2003) e "Prazo de entrega" (2010).

Um buldogue francês até mesmo interpretou Gamin de Pycombe no mega-popular filme "Titanic" de James Cameron.

10. Os buldogues são atualmente a 11ª raça mais popular nos EUA

Embora nunca tenha desaparecido exatamente na obscuridade, o bulldog francês perdeu um pouco de força entre os norte-americanos nos anos após seu pico, há cerca de um século.

No entanto, a raça está no meio de um surpreendente ressurgimento de popularidade.

Atualmente é a 11ª raça mais popular nos Estados Unidos de acordo com as estatísticas do AKC. Eles ganharam 40 posições no ranking desde 2003.

Não se surpreenda ao ver os doguinhos franceses passarem para o top 10 nos próximos anos.

E você, gostou da lista? Nos conte nos comentários!

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.