Estudo afirma que animais de estimação ajudam a melhorar a saúde mental dos donos durante isolamento social

Por
em Notícias
Imagine enfrentar esse período sozinho? Seria muito mais tortuoso, né? Felizmente eles existem para deixar tudo melhor e com muito lambeijos!

Ter um bichinho de estimação em casa é ter uma vida mais feliz, leve e alegre. Embora isso não seja novidade, um estudo realizado por cientistas no Reino Unido revelou que as pessoas que têm animais de estimação se sentiram menos solitárias e melhoraram sua saúde mental durante a pandemia.

O estudo, realizado com 6 mil britânicos, mostrou que nove em cada dez participantes alegaram que os seus animais o ajudaram a lidar com sentimentos como ansiedade, solidão e medo durante a quarentena.

De acordo com a principal autora do estudo, a cientista da saúde da Universidade de York, Elena Ratschen, mesmo quem teve problemas emocionais durante o período relatou ter lidado melhor com a situação graças a ajuda do seu bichinho de estimação.

"Também descobrimos que, neste estudo, a força do vínculo emocional com animais de estimação não diferia estatisticamente por espécie animal, o que significa que as pessoas em nossa amostra se sentiam, em média, tão próximas emocionalmente de, por exemplo, seu hamster quanto se sentiam de seu cachorro", disse Elena.

O estudo mostrou ainda, que as pessoas mais velhas que vivem sozinhas e têm um animal de estimação tem menos probabilidade de morrer com um ataque cardíaco. Está comprovado, ter um animal de estimação só traz benefícios para a saúde e a vida das pessoas! Ame-os sem moderação!

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com