Golden retriever aparece em casa com filhote de coala recém-resgatado montado nela: ‘Salvou a vida dele’

Por
em Notícias

O continente australiano é tudo, menos entediante.

Há algum tempo, Kerry McKinnon, da cidade de Strathdownie, recebeu uma grata surpresa de sua cadela golden retriever Asha, daquelas que acontecem uma vez na vida - ou apenas na Austrália.

A cachorrinha apareceu em casa com um bebê coala ‘montado’ sobre ela.

Como ele surgiu ali?

Bem, as temperaturas da região despencam subitamente durante o inverno, quando os termômetros chegam a marcar 5°C pela manhã. E nem todo animal tem um casaco de pele tão quente e denso quanto Asha.

“Foi bem no início da manhã, e meu marido gritou para mim para vir dar uma olhada em alguma coisa”, disse Kerry, de 45 anos, ao portal News Australia. "Eu não sabia do que ele estava falando no início, mas então vi um pequeno coala bebê aninhado em cima de Asha."

Ajuda fundamental

Kerry conta que aquele momento a pegou completamente desprevenida, e de início, ficou preocupada com os dois animais juntos.

“Depois eu simplesmente comecei a rir. A pobre Asha não sabia o que pensar; ela apenas ficou olhando para mim com um olhar super confuso”, relembra a mulher. “Ela parecia um pouco culpada quando eu saí para ver o que estava acontecendo. A expressão dela era hilária.”
“Asha ficou olhando para o coala, mas ela não estava tentando tirá-lo de cima dela ou algo assim. Ela ficou feliz em deixá-lo se aconchegar em seu corpo”, complementou Kerry.

Sempre será um mistério como o filhote de coala acabou ‘aparecendo’ montado na cadela. A explicação mais plausível é que o bebê se separou de sua mãe por acidente.

Separado da mãe por acidente

“Acho que o coalinha caiu da ‘bolsa’ de sua mãe e não sabia o que fazer. Ele pode ter vagado até nossa varanda, nos fundos, e visto nossos cães, então decidiu se aconchegar no pelo de Asha porque é bom e quente”, disse Kerry.
“Asha definitivamente salvou a vida do coala mantendo-o aquecido. Ele teria morrido lá se fosse deixado sozinho a noite toda. O filhote poderia ter sido pego por uma raposa ou algo assim”, disse a australiana.

Os dois foram separados pouco depois, algo que Kerry disse ter sido ‘muito difícil’, pois o pequeno não queria sair das costas de Asha de jeito algum. Ele foi examinado por um veterinário e encaminhado para um santuário da vida selvagem, onde será devidamente cuidado até que cresça e seja colocado em seu habitat natural.

“Eu acho que os cães têm um instinto protetor. O coala não queria sair das costas de Asha. Quando tiramos o coala para embrulhá-lo em um cobertor, ele reclamou para mim e continuou”, afirmou Kerry. “Eles tiveram uma incrível amizade animal de se ver, bem ao estilo australiano”, concluiu.

Receba nossas notícias no Whastapp! Entrar no grupo

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.