Mecânico adota filhote de gato escondido em motor de carro e o seu cão boxer se torna um 'irmão protetor'

Por
em Notícias

Ao consertar um carro, o mecânico Will se deparou com uma surpresa bem incomum: um gatinho preso no compartimento do motor. Will não fazia ideia de como o gato foi parar lá e nem há quanto tempo ele estava lá. Apesar de assustado, o filhote não aparentava estar ferido.

Will, que já tinha em casa o cão Lennox da raça boxer, não pôde deixar o gatinho desamparado e resolveu adotá-lo. Lennox nunca havia visto um gato antes, então o dono não fazia ideia de como seria a sua reação.

Ao apresentá-los, o resultado foi surpreendente. Apesar da curiosidade do cão com o filhote, ele criou uma espécie de obsessão e não quis mais sair de perto dele. De modo algum Lennox demonstrou qualquer sentimento de rejeição ou raiva por ele, pelo contrário, buscava cada vez mais se aproximar, para alegria de todos.

Com uma a recepção positiva, não demorou para que o filhote finalmente se sentisse em casa, mesmo depois de todo o estresse vivido, até porque com um amigo desses te dando atenção em todos os momentos, não fica difícil se sentir à vontade.

“Ele está tão bem em estar em casa. Ele passou de muito nervoso para super carinhoso, adora toda a atenção. Lennox segue o gatinho por onde quer que vá”, disse Will. “É adorável.”

Lennox espera o seu irmãozinho até quando ele está em outro cômodo.

Que bom que o filhote foi encontrado pela pessoa certa e foi destinado à família certa!

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com