Cachorro pit bull acolhe em sua casinha gata de rua grávida, a apoia e a faz companhia

A gata que até então não se aproximava dos humanos, aceitou o convite do gentil pit bull e acabou dando à luz na sua casinha.

Com atitudes tão solidárias e altruístas os animais acabam nos surpreendendo grandemente, como o pit bull Hades.

Foto: Juan José P. Flores / Arquivo Pessoal
Foto: Juan José P. Flores / Arquivo Pessoal

Contrariando toda a perspectiva negativa a respeito da sua raça, o cachorro que vive no México com o seu dono Juan José P. Flores, teve uma atitude linda demais, Hades acolheu em sua casinha uma gata de rua que estava grávida.

Flores lembra que ouviu Hades batendo na porta dos fundos como se tivesse o chamando para mostrar a novidade. “Ele estava desesperado e fazendo muito barulho.”

Quando saiu para verificar, Flores viu Hades alegremente apontando que havia recebido uma convidada para ficar em sua casinha.

Como o bom exemplo vem de casa, Hades estava, na verdade, dando continuidade a ajuda que o seu dono havia iniciado com a gata de rua que já era uma velha conhecida do bairro. Sem conseguir se aproximar dela, Flores sempre deixava comida para a gata.

Foto: Juan José P. Flores / Arquivo Pessoal
Foto: Juan José P. Flores / Arquivo Pessoal

“Fiquei muito surpreso”, conta Flores. E quem não ficaria, não é?

A proximidade entre Hades e a gata não foi coisa de um dia não, logo que a felina entrou em trabalho de parto, o bom garoto continuou ao seu lado a apoiando e fazendo companhia. É muito fofo, gente!

“Ele arrastou um cobertor para a entrada de sua casa e ficou do lado de fora da porta. Ela se sentiu protegida por ele.”

Foi assim que a mais nova mamãe deu à luz a dois gatinhos na casinha do gentil Hades.

Foto: Juan José P. Flores / Arquivo Pessoal
Foto: Juan José P. Flores / Arquivo Pessoal

Mesmo com toda a cortesia do pit bull, Flores resolveu transferi-la com seus filhotes para dentro de casa e a adotar. No tempo certo, Flores pretende encontrar um lar para os filhotes, mas a mamãe, agora chamada Nicol, permanecerá na casa e ao lado do seu grande amigo Hades.

“Hades colocou tudo de lado para ajudar outro animal. Deveríamos fazer o mesmo sem esperar nada em troca”, registrou Flores.

Realmente, que exemplo!

Ana Caroline Haubert

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo.
Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com

Comentários