Chihuahua que não sabe nadar pega 'carona' em cão Pireneu para atravessar lago

Por
em Notícias

Para que servem os amigos, afinal?

Bem, para o chihuahua Tim, serve para usar como bote e impedir que ele se molhe na água. Isso porque o cachorrinho não sabe nadar, mas seu fiel amigo Ben, da raça Pirenéus, é especialista no assunto.

Em um vídeo fofo que circula online, e divulgado no jornal britânico Daily Mail, Tim é visto ‘navegando’ sobre Ben através do Lago McHenry, em Illinois (EUA), e apreciando a vista.

Amizade duradoura

Eventualmente, Ben alcança o litoral e decide se sacudir para se secar.

Nesse momento, Tim mantém o equilíbrio e evita cair na água.

Tim e Ben formam uma famosa dupla no Instagram - Big Ben e Tiny Tim, - que juntos acumularam quase 50 mil seguidores na rede social.

Seus vídeos fofos juntos mostram momentos adoráveis de sua duradoura amizade.

“Quando o minúsculo Tim chegou do Texas como um cão adotado, ele acolheu o gentil Ben de 57 kg como seu sofá pessoal, banquinho e amigo”, escreveram os donos dos cães na conta do Instagram.

Veja o vídeo em que o adorável cãozinho faz o grandão de 'bote':

Cães e a água

Os cães carregam em si uma habilidade instintiva de nadar, mas nem todos conseguem praticar o instinto de nado. Muitos cães gostam da água, passear na beira do lago, tomar banho, molhar a patinha, mas na hora de nadar, entram em pânico. As causas podem ser:

- têm raças que a sua estrutura facial e anatomia podem impedir o cão de se manter efetivamente acima da água: Bulldog, Pug, Dachshund, Pekingese, Basset Hound e Boxer;

- alguns cães resistem à ideia de nadar por causa de uma experiência traumática que eles associaram à água;

Por acreditarmos que todos os cães podem nadar, sem querer podemos colocar a vida do nosso pet em risco. Se você perceber que seu cão tem dificuldades, não o force, pois seu trauma pode piorar. Deixe-o se aproximar naturalmente da água e deixe ele se sentir confortável para entrar.

Receba nossas notícias no Whastapp! Entrar no grupo

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.