Dona procura a sua cachorra e a encontra trancada quietinha em um lugar estratégico

Bem, há um motivo bastante específico para a cadela não ter feito nenhum barulho e nem ter tentado sair da caixa.

Por
em Notícias

Os cães são fofinhos, carinhosos e também muito espertinhos, sabendo tirar proveito das situações. A cadela Doodle provou isso ao encontrar um esconderijo estratégico e muito benéfico para o seu estômago: dentro da caixa de ração.

A dona, Brandy Stenzel, que mora em Manitowoc, Wisconsin, EUA, estava na cozinha quando se deparou com o sumiço de Doodle. Inicialmente ela se desesperou e pensou que ela pudesse ter fugido, mas quando ouviu um barulho estranho, logo identificou a autora.

Ela não sabia exatamente de onde vinha o barulho, mas sabia que Doodle estava envolvida. Depois de fazer uma varredura na casa, Brandy localizou a cadela arteira trancada no recipiente da ração.

Mesmo trancada na caixa, Doodle não fez nenhum esforço para sair, afinal de contas, ela estava muito bem alocada.

“O cesto de comida tinha uma dobradiça de um lado para que ela pudesse facilmente pular para fora se quisesse, mas ela é uma costeleta de porco, então não queria”, disse Stenzel ao The Dodo.

Quando viu que foi descoberta, Doodle até tentou se vitimizar para a dona. De barriga cheia fica fácil, né?

“Ela sabia que foi pega, então quando isso aconteceu ela colocou as orelhas para trás e isso a fez parecer Dobby, o elfo doméstico de 'Harry Potter'”, brinca Stenzel.

O temor de Doodle, no entanto, não era de ser castigada, mas de perder o acesso ao lugar desejado, como de fato aconteceu. A dona providenciou uma caixa com travas, impedindo que Doodle fique trancada novamente e termine com o estoque de ração.

Portanto, mesmo quando alguém esquece de trancá-la e Doodle tenta entrar e repetir seu grande banquete na caixa de comida, sua mãe está sempre por perto para impedi-la. Fim de jogo para o buffet de Doodle!

Comedouros automáticos

Para evitar que esse tipo de situação aconteça com o seu pet, você pode investir em recipientes automáticos que liberam a ração sob o controle do dono.

Programados pelo celular, o dono tem a autonomia de escolher os horários e a quantidade certa de ração na vasilha do pet e, o melhor, isso pode ser feito quando o dono está fora de casa, garantindo a refeição do seu bichinho.

Além disso, a maioria das opções permite que o dono receba notificações via e-mail, sms ou notificações de Twitter e Facebook com informações sobre a quantidade ingerida pelo animal ou quando ele terminou de se alimentar.

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com

Comentários

Últimas histórias