Por que os gatos adoram perseguir luz de laser?

Além de uma brincadeira, instigar o gato com esse tipo de luz tem uma resposta científica; descubra

Por
em Notícias

Os gatos são animais bem mais calmos e quietos do que os cães, mas isso não significa que eles sejam menos ativos ou espertos. Pelo contrário, eles possuem um instinto de caça altamente apurado e estão sempre demonstrando isso.

Seja trazendo uma presa para casa ou tentando capturar a luz de laser que o dono o instiga para perseguir. Embora as pessoas percebam que a maioria deles goste da brincadeira, há uma explicação pela razão que eles se sintam provocados pelas luzinhas.

Os olhos de um gato são ótimos em captar movimentos, mesmo se estiver muito escuro. Eles não veem muito bem os detalhes ou as cores. Em outras palavras, a retina felina (e também outras partes do olho) é perfeitamente projetada para maximizar as chances de capturar uma presa que se move rapidamente ao anoitecer e ao amanhecer, quando os gatos mais gostam de caçar, conforme explicou a Dra. Jennifer Coates no site Pet MD.

Portanto, eles não reconhecem que se trata de uma luz colorida, mas sim que é algo em movimento e, consequentemente, uma possível presa que deve ser capturada. Biologicamente falando, a retina é a estrutura na parte posterior do olho que converte a energia luminosa em impulsos nervosos que são enviados ao cérebro para serem transformados em imagens do nosso mundo.

Dois tipos de células retinianas - cones e bastonetes - são encontrados tanto na retina humana quanto na felina. Em termos gerais, os cones estão envolvidos com a visão de cores e a capacidade de focar e apreciar detalhes finos, enquanto os bastonetes são responsáveis ​​pela visão em condições de pouca luz e pela detecção de movimento.

Ou seja, tudo faz parte de um jogo que é muito mais profundo e intrigante do que você pode imaginar, e ainda por cima, é divertido para o seu felino. Desde que você não aponte a luz nos seus olhos, é claro.

Perseguir a luz de laser é uma brincadeira saudável para o gato?

Os gatos possuem o instinto natural de caça e quando negado isso, eles tendem a ter o comportamento indisciplinado: mastigação, escalada e exploração. Brincadeiras com laser podem permitir que os bichanos instiguem o seu instinto de perseguição e assim evitar com que eles destruam objetos.

Porém, essa brincadeira pode desenvolver outros problemas. O gato pode se sentir frustrado por não conseguir capturar a luz e, para compensar o fracasso, começa a morder o dono ou outros animais da casa. Para evitar isso, intercale a brincadeira do laser com brinquedos que o felino possa morder.

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com