Girafinha! Cadela da raça galgo espanhol se destaca por pescoço de 25 centímetros

Por
em Notícias

Quando Monique, 30, e seu parceiro Martijn ten Voorde, 31, resgataram a cadela da raça galgo espanhol, eles não imaginavam o quanto ela se destacaria. Além do comportamento singular e adorável, Ketama, de 2 anos, que vive na Holanda com os donos, se destaca por um principal motivo: seu pescoço de 25 centímetros.

Embora os cães da raça tenham características que os tornam altos e compridos, Ketama tem proporções maiores que as demais fêmeas, informou o portal de notícias britânico Daily Mail.

"Para a raça dela, ela é uma menina excessivamente comprida. Ela é mais comprida do que a maioria das fêmeas de sua raça que já vi. Ela tem as medidas de um menino", diz Monique.

A condição, é claro, não passa despercebida e muitas pessoas ficam curiosas para conhecer a canina com pescoço de girafa.

"Recebemos muita atenção nas ruas. Não há muitas raças como Ketama por aqui. E também, quando estou passeando com ela, ela tem muitas coleiras. Ela usa um colarinho e um cinto de segurança", relata a dona.

Apesar da singularidade física, Ketama também se destaca pela personalidade divertida e travessa.

"Quando eu estava tomando café da manhã, ela colocou a bola debaixo do sofá e começou a chorar. Quando me levantei da mesa e ajoelhei-me para pegar a bola, ela imediatamente correu para a mesa para roubar meu café da manhã. Foi uma ótima risada", relembra Monique.

Ketama, que foi adotada pela família, tem sorte em viver em segurança. Afinal, parte dos cães da raça são vítimas de maus-tratos.

Isso porque eles são usados para caça devido à agilidade e rapidez com que se movem. Quando não correspondem às expectativas dos caçadores, eles são mortos ou abandonados. Felizmente, há grupos de protetores que atuam na região tentando combater essa prática infeliz.

Ketama, inclusive, foi adotada por meio de um desses grupos.

"Ketama acabou se revelando uma cachorra muito boba e engraçada. Fico feliz que ela possa ser uma embaixadora do Galgo Espanhol", expressa Monique.

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com