Alexandre Garcia xinga agressor de cão arremessado de Igreja no DF

Na última quarta-feira, dia 06, um indivíduo que cumpria pena de serviços comunitários em uma igreja de Ceilândia, no Distrito Federal, foi visto por populares arremessando um cachorrinho de um prédio da Igreja.

O peludinho, chamado Olavo, foi jogado de uma altura de 12 metros, caiu com o focinho no chão, quebrou seus dentinhos e as duas patas dianteiras.

Socorrido por populares, o cão passará por uma cirurgia que custará R$ 4 mil reais. O cãozinho pertence a uma moradora da região que havia soltado-o para dar uma "voltinha" rotineira.

Cachorro foi levado para hospital veterinário com fraturas nas patas — Foto: TV Globo / Reprodução

A Polícia Militar Ambiental começou a investigar o caso e o acusado poderá responder por crime ambiental de maus-tratos contra animais, segundo a Rede Globo.

Em sua rede social no Twitter, o jornalista Alexandre Garcia manifestou sua indignação com a covardia cometida com o cachorrinho e afirmou que deseja ajudar na recuperação de Olavo:

"Quero colaborar para tratar o Olavo. Quanto ao arremessador dessa pessoa de quatro patas, ele é tão abjeto que não serve de chão para o Olavo descansar."

Desejamos que, se confirmada a culpa do agressor, este seja punido justamente e duramente.

Comentários