Cão leal espera dono no trabalho todos os dias 5 anos desde sua morte

Por
em Notícias

Foi com a ajuda do Sr. Shen que o cão chamado Da Huang, que vivia pelas ruas da cidade Shenyang, província de Liaoning, China, foi resgatado e ganhou uma nova vida. Em troca, o cão tem dedicado a sua vida a esperar o dono, que morreu devido um câncer, em seu antigo local de trabalho. A espera continua depois de cinco anos da morte do Sr. Shen.

Tudo começou em 2012 quando o Sr. Shen flagrou Da Huang comendo um pouco do seu jantar no escritório do seu trabalho em um estacionamento. Com pena do cão que estava completamente sozinho no mundo, o homem decidiu acolher Da Huang e passou a cuidá-lo em seu local de trabalho.

Lá, o cãozinho tinha acesso a tudo que ele precisava como comida, água, banhos e carinho. Todos os dias Da Huang estava lá para receber com muito amor aquele que o acolheu. Além disso, ele ajudava o dono no trabalho ao latir sempre que chegava um veículo no estacionamento.

Por alguns anos, os dois puderam desfrutar de muito companheirismo e amor, até que um dia, em 2015, o Sr. Shen simplesmente não apareceu mais no estacionamento. Quando descobriu, estava com um câncer e em duas semanas veio a falecer e nunca pôde se despedir do seu amigo.

Sem entender o que aconteceu com o seu melhor amigo, Da Huang permaneceu no local à espera do dono que não voltará mais. Ele corria em direção a todos os carros que se aproximavam, na esperança de que algum deles fosse o Sr. Shen. Faça chuva, sol, neve ou frio, ele sempre está lá.

"Depois de perceber que não era o Sr. Shen, Da Huang voltava lentamente com a cabeça baixa", disse um vizinho ao Liaoshen Evening News.

Se passaram cinco anos desde então, mas apesar de ter perdido o Sr. Shen, Da Huang não está sozinho. Os vizinhos da região conhecem a sua história e estão cuidando dele desde então. Algumas pessoas até tentaram adotá-lo, mas ele se recusa em deixar o local onde o dono trabalhava, então os moradores fizeram uma casinha e passaram a alimentá-lo todos os dias.

Nesse meio tempo, um traficante pegou Da Huang e o vendeu para um mercado de carne de cachorro. Felizmente a vizinhança percebeu o sumiço do leal cão e saiu a sua procura até descobrirem o seu paradeiro. Eles compraram Da Huang e salvaram a sua vida de um triste fim.

“Não o vemos mais como um cachorro, é nosso vizinho. Esse é o lugar mais familiar para Da Huang, e o lugar onde ele esperou obstinadamente”, disseram os vizinhos em entrevista.

Impossível não se comover com essa história, não é mesmo? Felizmente Da Huang não está sozinho e além de ser querido por muitas pessoas, ele é cuidado pelos vizinhos.

Veja o vídeo:

Lealdade canina

Os cães sempre demonstrando lealdade por seus donos e a história emocionante do cachorrinho Da Huang prova isso. Conheça alguns motivos pelo qual o cão se torna tão devotado ao seu dono.

  • Você o sustenta (e ele sabe), o cão tem 'consciência' que é você que provê o sustento dele.
  • O cão vê você como membro da família, ele sente que a ligação entre vocês dois é mútua.
  • Além do vínculo familiar que vocês dois compartilham, o cão tem preferências de uma pessoa para outra. Isso ocorre porque amizades estão sendo formadas entre cães e humanos.
  • A evolução forçada alterou o comportamento e a genética do cão domesticado para ser mais bem adaptado à interação humana.
  • O cão depende do seu dono: quando proposto com um problema solucionável, os cães muitas vezes procuram seus donos para obter ajuda.
  • Os cães tem empatia por seu dono.
  • O cão se sente muito feliz com você.

Receba nossas notícias no Whastapp! Entrar no grupo

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com