Mulher é presa por maus-tratos ao manter 118 gatos em péssimas condições em sua casa

Por
em Notícias

Uma mulher de aproximadamente 70 anos foi presa por manter 118 gatos em péssimas condições de sobrevivência, reconhecida pelas autoridades como prática de maus-tratos, em Delbarton, Virginia (EUA).

As autoridades encontraram 12 gatos mortos e outros 106 vivos, mas em condições lamentáveis. Segundo o portal de notícias 12 WBOY, a maioria deles foi encontrada com problemas de saúde, como dificuldade para respirar, olhos inchados, olhos protuberantes, reto protuberantes, além de outras infecções bacterianas.

Cerca de oito organizações de animais ajudaram no resgate. A equipe de resgate descreveu o ambiente como ‘infernal’, e não é para menos, os gatos viviam no porão da mulher, alguns aglomerados em gaiolas, mas todos estavam em um ambiente extremamente sujo.

“Sempre entramos nessas situações pensando que já vimos de tudo, que vimos o pior do pior, mas você sabe que nunca pode realmente se preparar para o que vê nessas coisas”, disse James Houchins, diretor de uma das equipes de resgate.

A denúncia foi realizada por um vizinho que se disse preocupado com a situação. Felizmente as autoridades interviram e resgataram os gatos que serão tratados e, quando recuperados, serão encaminhados para a adoção. Alguns casos, porém, se mostram mais graves e alguns deles terão que remover os olhos.

“Muitas vezes, nessas situações de acumulação, quando você começa a olhar para a pessoa por trás disso, você encontra algum tipo de incidente traumático ou algo que aconteceu”, disse Houchins.

Veja o momento em que a equipe resgata os gatinhos:

Fotos atuais deles no abrigo:

Foto 1

Foto 2

O próximo passo agora é cuidar de todos eles e torcer para que se recuperem o mais breve.

Receba nossas notícias no Whastapp! Entrar no grupo

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com