Gatos obesos resgatados fazem dieta especial e perdem quase 30% do peso

Por
em Notícias

Um grupo de gatinhos diagnosticados com obesidade foi acolhido por uma associação de amparo animal, que deu início a um plano de emagrecimento com uma dieta alimentar mais saudável para os felinos.

Após alguns meses, todos os gatinhos conseguiram perder significativas quantidades de peso.

Graças ao acompanhamento da ONG Cats Protection, de Londres, Inglaterra, eles também encontraram lares amorosos e estão com suas respectivas famílias. Um dos felinos que teve final feliz foi Paisley, de 5 anos, que perdeu 3 kg de gordura. Se antes ela pesava 10,75 kg, agora está com sete, apenas 2 kg acima de seu peso ideal.

Para seu tutor, James Frankland, de 52 anos, tal resultado é "extremamente satisfatório". A saúde da gatinha agradece!

De acordo com o portal britânico Metro, o peso ideal dos gatos gira em torno dos 5 kg, com exceção da raça Maine Coon, que é notoriamente mais comprida.

Estar acima do peso definitivamente não é uma 'fofura', pois acarreta diversos problemas de saúde para os bichanos, tais como a hipertensão.

“Tive pena de Paisley quando a conheci”, disse James. “Ela era tão grande que não conseguia se mover direito ou esticar o braço para se limpar. Tenho um grande amor por gatos e estava determinado a ajudá-la a atingir um peso saudável.”
“Inicialmente, ela estava seguindo uma dieta prescrita pelo veterinário e, mais tarde, mudei-a para uma alimentação normal para gatos, mantendo o tamanho das porções ideais. Paisley implorava por comida na maioria dos dias, então eu geralmente a distraía com um pouco de diversão para ajudá-la a fazer mais exercícios”, complementou o dono.

Já as gatinhas Dixie e Trixie, ambas de 10 anos, também precisaram se superar. Elas chegaram aos cuidados da instituição de caridade pesando 11 kg e 7 kg, respectivamente. Ambas foram colocadas em uma dieta prescrita e perderam cerca de 2,5 kg.

“Devido à pandemia, os tutores têm passado mais tempo dentro de casa com seus gatos, mimando-os mais. Infelizmente, estamos fazendo mais mal do que bem, pois os gatos com sobrepeso correm um risco significativo de diabetes, problemas nas articulações e infecções urinárias. Numa época do ano em que muitos de nós fazemos dieta, é aconselhável perguntar ao seu veterinário se o seu gato precisa de uma”, disse Maggie Roberts, diretora de serviços veterinários da ONG Cats Protection.

Desejamos aos gatinhos uma recuperação incrível!

Vídeo: Como saber se a alimentação do meu gato está certa?

Os gatos são animais que comem pouco, mas frequentemente e é por isso que é necessário ficar de olho em quantas vezes ao dia o dono serve a ração para o felino.

A obesidade encurta a vida do gato e aumenta a probabilidade de desenvolver doenças. Depois de identificar junto com o veterinário que seu gato está com sobrepeso, é importante ajustar a alimentação especificamente para perda de peso - usando um produto nutricional específico, porção e frequência de refeição adequadas.

Isa Gateira, estudante do comportamento felino e de medicina veterinária, traz dicas de como controlar a quantidade de ração, o horário de comer e quantas vezes ao dia devemos dar comida para os bichanos. Confira!

Receba nossas notícias no Whastapp! Entrar no grupo

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.